Cultura de Mairinque anuncia ações e novo local para biblioteca

17:01 |

31/07/2017 às 11h08min - Atualizada em 31/07/2017 às 11h08min





O Departamento de Cultura da Prefeitura de Mairinque se prepara para retomar as atividades culturais da cidade. Sandro Rolim, diretor do departamento, está organizando, junto com sua equipe, várias ações, dentre elas, a reabertura da biblioteca.
Outra questão urgente é a montagem do processo licitatório para a contratação da empresa que poderá retomar os cursos de artes, expressão corporal e música. “Os cursos de longa duração são importantes para formação artística, porém, daremos ênfase, também, as oficinas, workshops, palestras, pois, são ações que despertam o interesse, agregam novos conhecimentos, atualizam e dão vivência cultural ao aluno. As aulas regulares tendem aos ensinamentos predeterminados, importantes, porém, os cursos de curta duração mostram experiências mais práticas do dia-a-dia do artista”.
Biblioteca
Será reaberta, em prédio público municipal, a Biblioteca Municipal Geraldo Mayela de Oliveira. Nos próximos dias a equipe de obras fará uma planta para adequação do local escolhido, que é a área do antigo Centro Odontológico, na Vila Sorocabana. “Nossa preocupação é devolver para os munícipes o espaço de pesquisa e convivência, além de, com a escolha desse prédio, não mais pagaremos aluguel. Outro fator que determinou a opção pelo local, é que a área externa nos permite realizar atividades culturais como feiras, shows, exposições para incentivar cada vez mais pessoas a ocupar um espaço que é delas. Vale ressaltar que a Sorocabana carece de espaços de convivência”, afirmou o diretor. “As condições em que foram encontrados os livros e móveis da biblioteca, depositados no almoxarifado da Prefeitura exigiram urgência na resolução deste problema”.
Parcerias
A cultura está firmando parcerias com faculdades e escolas técnicas para realização de eventos culturais e/ou educativos. De 20 a 24 de fevereiro, por exemplo, já está agendada a “Semana Acadêmica”, que faz parte do projeto “Ciclo de Palestras”, uma parceria com instituições de ensino superior que, durante esses dias, oferecerão aos alunos do ensino médio palestras sobre a carreira profissional, técnicas de estudo, entre outros temas fundamentais para qualquer estudante.
Banda Conselheiro Mayrink
Foi retomada a parceria com a Banda Musical Conselheiro Mayrink, que representou a cidade e sagrou-se campeã em inúmeros festivais e concursos estaduais e nacionais, fortalecendo e propagando o nome de Mairinque por todo Brasil.
Em breve, a Banda voltará a ensaiar em praça pública aqui em Mairinque, fato que, num passado recente, se tornou um evento nas tardes de sábado na cidade.
Cursos
Serão divididos nas modalidades artes visuais e expressão corporal, que serão coordenadas pelo artista Rômulo Pedroso e formação musical, área que será conduzida pela professora Marimarta Veras.
A equipe está finalizando o edital para iniciar o processo de licitação. “Como já disse, os cursos regulares são fundamentais para a base da formação e os workshops, palestras, mostras, etc. dão ao estudante uma bagagem mais prática com profissionais do mercado artístico. Vamos investir nessa ampla formação dos alunos, para que acreditem que é possível viver da arte. Precisamos oferecer, além de estrutura suficiente, essa visão empreendedora para que as pessoas estejam capacitadas a desenvolver seus projetos culturais”, contou Rolim.
Descentralização da Cultura
Com a mudança da biblioteca para a Vila Sorocabana em um novo espaço cultural a ser explorado, com o fortalecimento do Polo Cultural da Barreto e através das antigas e novas parcerias junto a empresas, instituições de ensino e, principalmente, o voluntariado, os eventos, culturais e educacionais serão compartilhados entre esses locais, o Cemec e as praças públicas, sempre respeitando a característica cultural de cada região.
Patrimônio Histórico

Uma equipe está empenhada em recuperar, registrar e catalogar um grande acervo de imagens históricas que estão guardadas no Cemec. Ações como essa serão intensificadas para que o patrimônio e a história sejam preservados. “Há muitos órgãos e leis de incentivo que contribuem para que o patrimônio material e cultural seja recuperado e protegido, mas, temos que ter responsabilidade e cuidado com aquilo que temos em mãos: guardar e cuidar para que as futuras gerações possam conhecer e aprender sobre sua história”.

0 comentários:

Postar um comentário