Homem é morto a pauladas no bairro Vila Nova

15:07 |

24/07/2017 às 18h00min - Atualizada em 24/07/2017 às 18h00min




Da Redação: Rafael Barbosa - Foto: Rafael Barbosa
Arma usada no crime
Um homem foi morto a pauladas por um conhecido no bairro Vila Nova, no início da tarde destas segunda-feira (24), em São Roque. Segundo informações de membros da Equipe Bravo da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, a PM foi acionada via Copom sobre um homem que teria sido gravemente ferido na cabeça na Rua Marília, no bairro Vila Nova. Ao chegarem ao local, as autoridades encontraram Benedito Roque de Moraes Pinto, de 54 anos, caído no chão e com um grave ferimento na cabeça.
O homem foi socorrido pela equipe de resgate do Setor de Urgência e Emergência de São Roque e levado em estado grave para a Santa Casa de São Roque, porém não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no hospital.
Enquanto o homem era resgatado, os policiais falaram com populares sobre o que tinha acontecido e estes informaram a descrição do homem que teria batido em Benedito, assim como a arma usada no crime: um pesado bastão de madeira pesado de pouco mais de um metro.
Com as descrições do suspeito, a equipe bravo iniciou um patrulhamento pelo local e pouco tempo depois encontrou o acusado. O homem, visivelmente alcoolizado e identificado como Marcos Máximo Marçal (de 37 anos), foi abordado pelos policiais e a princípio negou o crime, porém confessou o fato momentos depois.
Diante dos fatos, os policiais prenderam o homem em flagrante e o levaram para a Delegacia de São Roque, onde o caso foi apresentado.
Marcos afirmou as autoridades que pegou o pedaço de madeira e atingiu Benedito na cabeça enquanto este estava deitado, dormindo na rua. O homem teria atingido a vítima duas vezes e afirmou que depois pretendia jogar bebida na vítima e atirar fogo ao corpo, sendo impedido por moradores que presenciaram o crime. Segundo os policiais, o indiciado não explicou porque cometeu o crime e será indiciado por homicídio qualificado.
De acordo com informações apuradas pela nossa redação, Benedito e Marcos se conheciam e frequentemente bebiam juntos, entretanto os motivos do crime ainda não foram esclarecidos. 

0 comentários:

Postar um comentário