Alien, cobra bizarra ou minhoca mutante: que bicho é esse na imagem?

08:39 |



Bizarro

21/07/2017




Foto: Reprodução / Facebook
Podem chegar a medir mais de 30 centímetros de comprimento
Você deu uma boa olhada no animal esquisito da foto?

O bicho viralizou depois de algumas imagens serem postadas no Facebook por um cara da Malásia chamado Danish Ho no início de julho e, segundo Stephanie Pappas, do site Live Science, não se trata de nenhum alien, cobra bizarra ou minhoca mutante, mas de um verme que pertence a uma subfamília de platelmintos chamada Bipaliinae. 

De acordo com Stephanie, esses animais podem ser encontrados principalmente em Madagascar, na Índia e no sudeste asiático, e como você viu, eles têm cabeças achatadas que lembram as dos tubarões-martelo.

 Veja também

 
O formato do órgão, aliás, é algo comum desses vermes — cujos corpos podem chegar a medir mais de 30 centímetros de comprimento. E mais uma porção de coisas “mega” curiosas sobre esses bichos!

1-Hábitos ligeiramente sinistros


Eles geralmente se reproduzem de forma assexuada desprendendo parte de suas caudas — se regenerando depois —, e curtem devorar minhocas. E falando nisso, as bocas dos vermes não ficam em suas cabeças, mas sim na região central de seus corpos, na parte inferior, e também servem de ânus.

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 


Com relação à alimentação, esses bichos atacam suas presas cobrindo seus corpos e expelindo uma meleca grudenta que se adere ao corpinho da vítima para imobilizá-la. 

O que acontece depois é, na verdade, um tanto quanto sinistro: os vermes secretam enzimas digestivas que transformam suas presas em “geleia” e, depois, sugam essa gosma pouco a pouco por suas bocas. Quer ter o prazer de ver essa belezura de banquete sendo preparado?

Sobre as cabeças achatadas dos vermes, elas podem apresentar diversos formatos diferentes — como meia-lua, bumerangue e ponta de flecha — e são cobertas por órgãos sensoriais chamados quimiorreceptores que os ajudam a detectar a presença de possíveis presas.

 
Foto: Reprodução 

Esses animais também são dotados de estruturas análogas a olhos, embora os cientistas não saibam dizer quanta luz pode ser percebida por esses olhinhos.

E se você ficou curioso sobre a espécie específica de vermes que você viu nos dois vídeos que foram incluídos na matéria, segundo Stephanie, é impossível diferenciar umas das outras.

De acordo com os especialistas nesses animais, para determinar à quais espécies eles pertencem seria necessário realizar uma dissecação e testes de DNA, já que inclusive os membros da mesma espécie podem ter corpos com diferentes formatos e colorações distintas.

 Veja Vídeo


Mega Curioso 


0 comentários:

Postar um comentário