Pai atira na cabeça da filha enquanto dizia a crianças que 'armas podem matar', Estados Unidos

15:41 |

Bizarro

14/06/2017



Foto: Reprodução
Eric Hummel atirou na cabeça da filha de nove anos
Nos Estados Unidos, um homem está enfrentando cinco acusações após ter matado sua filha com um tiro na cabeça enquanto dizia para os irmãos da menina não brincarem com armas, uma vez que elas "podem matar".

A tragédia aconteceu na cidade de Hobart, Indiana, por volta das 17 horas do último sábado (10) – horário local. Um pouco antes do incidente, naquela mesma data, Eric Scott Hummel (33) estava mostrando uma arma descarregada aos seus filhos gêmeos de 10 anos de idade – uma Glock nove milímetros –, e segundo ele afirmou posteriormente à polícia, se esqueceu de que após a demonstração havia colocado balas no pente da pistola novamente.

Instantes antes de dispará-la, ele disse aos meninos: "Nunca usem uma arma", e apontando-a para sua filha Olivia, que naquele instante estava entrando no quarto onde Hummel e os garotos estavam, complementou antes de puxar o gatilho: "Este é o porquê" – momento em que atirou a uma distância inferior a um metro e acertou a cabeça da menina de nove anos.

Veja também 

Policiais foram chamados prontamente até a residência, e encontraram o pai de Olivia ajoelhado ao lado dela. Como a garota estava sem pulso, e não respondia ao procedimento de reanimação cardiopulmonar, foi levada para o Centro Médico St. Mary (St. Mary Medical Center), onde de acordo com os registros forenses do Condado de Lake, foi declarada morta às 17h:25min.

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

Irresponsabilidade do pai

Segundo a polícia local, Eric Hummel ligou para a esposa – que não estava na residência na hora da tragédia – e contou-lhe o que havia feito, pedindo desculpas por ter atirado na filha, e chorando, teria dito ela: "Fui tão burro".

Ao saber da notícia, sua mulher largou o telefone e começou a gritar.

Um dos garotos disse aos oficiais que Hummel estava brincando com Olivia, e ambos os meninos afirmaram que, antes da tragédia, o homem também havia apontado a arma vazia para os dois e apertado o gatilho, ao mesmo tempo em que fazia barulho de tiros com a boca.

Eric Hummel está encarcerado na penitenciária do Condado de Lake, e o chefe de polícia da cidade de Hobart, Richard W. Zormier, afirmou publicamente que este caso não pode ser considerado apenas um acidente.

Para o oficial, Hummel cometeu "uma série de atos hediondos e depravados", colocando a vida dos três filhos em perigo e causando morte de Olivia, além de, provavelmente, ter provocado traumas psicológicos nos gêmeos que terão repercussões pelo resto de suas vidas. 

Blasting

0 comentários:

Postar um comentário