Mito ou verdade: nós realmente engolimos aranhas durante o sono?

13:00 |


Curiosidades

03/12/2015



Nós sabemos que as aranhas podem, por exemplo, usar os ouvidos das pessoas como “lar”, e todo mundo já deve ter ouvido falar de estatísticas a respeito de quantos desses bichinhos os seres humanos engolem enquanto dormem, não é mesmo?

Há quem afirme que o número chegue a dezenas por ano, enquanto outros garantem que apenas quatro desses bichinhos vão parar nas nossas bocas nas horas de descanso. Além disso, tem ainda quem diga que essa história de comer aranhas durante o sono não passa de mito.

Pois, de acordo com Henry Nicholls, da BBC, com essa imprecisão em mente, o portal de notícias resolveu perguntar aos internautas na página da BBC Earth no Facebook se eles acreditavam que as pessoas realmente engolem aranhas durante o sono, e quantas seriam elas.

Evidências

Segundo Henry, registros médicos de várias partes do mundo comprovam que existem casos de pessoas que sofreram picadas de aranha durante o sono — e não foram poucas —, inclusive das temidas aranhas marrons, sobre as quais já falamos no Mega Curioso. Estudos realizados sobre os incidentes apontaram que a maioria dos ataques ocorre em braços, pernas, mãos e pés, mas, em algumas ocasiões, eles podem ocorrer no rosto.


Os internautas que acessaram a página da BBC no Facebook parecem confirmar o que foi descoberto pelos estudos. Um dos casos relatados, por exemplo, foi o de uma pessoa que acordou com milhares de picadinhas no rosto depois que uma ooteca eclodiu durante a noite liberando um sem fim de “arainhas” sobre sua cama. Em outras palavras, não faltam evidências de que esses animais perambulam em nossas camas ocasionalmente.

Mas, elas podem entrar na sua boca?

Embora existam muitos artigos por aí que atestam que as estatísticas relacionadas com humanos engolindo aranhas durante o sono não passam de mitos — você pode conferir um deles aqui, outro aqui e mais um aqui, os três em inglês —, a BBC reuniu alguns relatos que contradizem essas publicações.


Um dos internautas contou, por exemplo, que pela manhã, enquanto escovava os dentes, sentiu um gosto meio esquisito e, ao cuspir, viu umas patinhas que pareciam ser de um aracnídeo. Outro disse que um dia, ao acordar, percebeu algo estranho na boca e descobriu que se tratava de uma pequena aranha. Esses relatos deixaram você nervoso? Pois você não precisa se preocupar — nem passar a dormir com a boca amordaçada!

Não há motivo para ter pânico

Além de reunir os relatos dos internautas, o pessoal da BBC também conversou com alguns especialistas sobre o tema, para tranquilizar os aracnofóbicos mais afoitos. Entre os profissionais consultados está Dave Clarke, que comanda o departamento de invertebrados do Zoológico de Londres. Segundo ele, a maioria dos predadores simplesmente não se arriscaria a atacar um animal maior, simplesmente para não correr o risco de levar a pior.

Fotos: The Lifestaylista / Shutterstock / Alux

No caso das aranhas, Clarke explicou que elas são supersensíveis ao calor e vibrações, portanto, é pouco provável que esses animais se aventurem a atacar seres humanos desavisados. Além disso, as aranhas não sentem nenhum interesse particular por nós, e os encontros são realmente acidentais e raros. Entretanto, isso não significa que eles não ocorram nunca — apenas muito esporadicamente.

Fonte: BBC / MegaCurioso


1 comentários:

Blogger disse...

Are you looking for free Twitter Re-tweets?
Did you know you can get these ON AUTO-PILOT AND ABSOLUTELY FOR FREE by getting an account on Like 4 Like?

Postar um comentário