Em crise política e sem apoio dos parlamentares, Cláudio Góes perde apoio de Efaneu por ações incabíveis

16:11 |






Bernardo Vieira - Repórter Correio do Interior
05/06/2017 12:13 - Atualizado em 05/06/2017 às 12:16

Em meio a tranquilidade e pouco andamento político do Governo Cláudio Góes (PSDB), pode não parecer, mas o atual chefe do executivo são-roquense vive uma crise política na cidade.
Conforme informações do jornalista Igor Juan, Cláudio Góes encontra-se perdido em sua ações politicas na cidade, sendo um novato em meio a muitas questões e decisões incabíveis,  situação que tem gerado um efeito nada favorável ao tucano. Recentemente um dos lideres do seu governo, o parlamentar Guto Issa (Rede) deixou de fazer parte da liderança do governo na câmara, segundo o jornalista por ações no qual o parlamentar não compactua juntamente ao prefeito.
Para piorar a situação, o jornalista ainda diz que um dos maiores nomes políticos da região, o ex-prefeito Efaneu Nolasco Godinho se afastou do então prefeito por ações incabíveis ao governo municipal, no qual Efaneu vinha orientando o novato.
Na câmara de vereadores a situação se complica ainda mais, dos 15 parlamentares, não há quem se arrisque a assumir a liderança deixada por Guto, pois não há comunicação entre os dois poderes (Executivo – Legislativo) muitos projetos estão sendo vetados pelo executivo partindo do legislativo, o que acaba complicando o desenvolvimento da cidade.
Da sua campanha política até a sua eleição o ex-prefeito Efaneu que governou a cidade em dois mandatos sendo de 1997 à 2000 / 2005 à 2008, sempre esteve presente com o empresário Cláudio Góes, acreditando em seu potencial como mandatário da cidade, deixando evidente de que por traz de Cláudio sempre estaria uma “comissão de orientação de governo”, comissão essa que agora encontra-se perdida por erros de Cláudio.
Mesmo com a situação o ex-prefeito que tem planejamento de disputar as eleições do próximo ano como deputado estadual, busca ajudar a cidade somando forças com os parlamentares  que depositaram muita confiança no tucano e que sente agora em curto prazo os efeitos de tamanha confiança.
Na última sessão da câmara o vereador Etelvino Nogueira (PSDB) chegou a dizer que “Até mesmo o governo de Daniel de Oliveira foi melhor do que está sendo o de Cláudio Goes no presente momento, basta avaliar ações e investimentos, a desculpa é que tudo não se tem dinheiro”.
Nossa reportagem procurou o atual prefeito para falar sobre o assunto assim como Efaneu, no qual não tivemos resposta até o presente momento.


0 comentários:

Postar um comentário