Vandalismo: Fachada de banheiro público em São Roque é alvo de pichação

11:22 |



03/05/2017 13:50:07 - Atualizado em: 03/05/2017 14:23:46



AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


A fachada do banheiro público da Praça da República, mais conhecido como Jardim, na região central de São Roque, foi alvo de vandalismo. As paredes do local foram pichadas com tinta spray com diversas inscrições típicas desse tipo de ação, algumas em letras grandes.

O prédio fica dentro da praça e é muito utilizado por moradores e turistas.

O banheiro fica em um espaço aberto, mas, não é abandonado, é cuidado por um funcionário da prefeitura durante o dia. Há uma catraca para a entrada de pessoas e o local recebe limpeza diariamente.

Não se sabe quando a pichação das paredes foi feita, de uma hora para outra o prédio apareceu totalmente vandalizado.

Acredita-se que ação tenha ocorrido durante uma madrugada na última semana.

Também não há informações de quem realizou o ato e não houve flagrante.

Em toda a praça, há outros pontos com pichação, algumas mais antigas. O Coreto que fica no local, por exemplo, também tem marcas de pichação de algum tempo.

Pichação é crime e em São Roque há uma lei municipal onde as pessoas flagradas pichando imóveis do patrimônio histórico, bancos de praças, monumentos, viadutos, casas, prédios, muros e outros bens públicos e privados serão punidas.

Além de detenção, o flagrante obriga a pessoa indenizar os prejudicados pelas despesas e custos com a restauração e ainda terá de pagar multa.

O valor obtido com as multas será revertido na preservação do patrimônio histórico e cultural da Estância Turística de São Roque. Também obriga a administração municipal promover campanhas educativas contra a pichação e de conscientização para a preservação e conservação do patrimônio público.

Para fiscalizar o cumprimento da lei, a prefeitura mobiliza fiscais e funcionários dos Departamentos de Obras, Planejamento e Meio Ambiente, das Divisões de Trânsito, Rendas e da Guarda Municipal.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura por e-mail sobre o caso e aguarda uma resposta.

Fonte: da Redação
São Roque Notícias

0 comentários:

Postar um comentário