Supremo Tribunal Federal libera delação premiada dos donos da JBS

15:00 |

19/05/2017 às 14h42min - Atualizada em 19/05/2017 às 14h42min


- Foto: Reprodução / Internet
O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta sexta-feira (19) os vídeos da delação premiada dos donos da JBS, maior produtora de proteína animal do mundo, Joesley e Wesley Batista, além de outros cinco executivos da empresa.
portal Veja publicou parte destas delações que podem ser vistas abaixo, onde são citadas denúncias contra o presidente Michel Temer, os ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, os ministros Gilberto Kassab (PSD) e Marcos Pereira (PRB), o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), José Serra (PSDB-SP) e Marta Suplicy (PMDB-SP), entre outros. Os esquemas de propina pagos pela empresa em doações oficiais de campanha, caixa dois e propinas a políticos é de cerca de R$ 400 milhões. 

0 comentários:

Postar um comentário