R$ 160 mil mensais a Viação São Roque: Vereadores vão discutir na próxima semana

13:56 |



30/05/2017 09:54:25



AMPLIAR FOTO
Verba para a empresa em São Roque vai depender da votação dos vereadores


Na noite desta segunda-feira, 29, durante sessão ordinária na Câmara Municipal de São Roque, o projeto do prefeito Cláudio Góes, que pede a abertura de crédito para conceder R$ 160 mil por mês a Viação São Roque, responsável pelo transporte municipal, não entrou na pauta dos vereadores.

A sessão transcorreu normalmente e o presidente do lesgislativo, Niltinho Bastos, também não convocou uma sessão extraordinária para ler, discutir e votar o projeto.

Desta forma o referido projeto segue tramitando na casa de leis.

Urgência

O projeto do prefeito foi enviado para a Câmara na última semana em regime de urgência. O pedido era para que o referido projeto de subsídio fosse votado o quanto antes.

Os vereadores precisam ler, discutir e votar o projeto, se manifestando a favor ou contra a destinação da verba por parte da prefeitura como subsidio a Empresa Viação São Roque no valor mensal de R$ 160 mil, que somaria R$ 1 milhão e 120 mil até o fim do ano.

Agora a expectativa fica para a próxima sessão ou para uma convocação de sessão extraordinária.

O projeto

Segundo o prefeito de São Roque, Cláudio Góes, a Viação São Roque que administra o serviço municipal de transporte, vinha cobrando o subsidio já algum tempo, segundo consta desde administração passada.

O valor a ser repassado, segundo o prefeito, é em relação aos gastos da empresa.

Ainda de acordo com o projeto, uma lei de 2015, prevê a possibilidade do subsidio a empresa.

Assim, como empresa vem passando por diversos problemas e agora renovando a frota, a prefeitura tomou a medida do repasse.

Ainda segundo o prefeito, na atual situação, ou a prefeitura repassa o subsídio, ou haverá o aumento da passagem no município.

Por não concordar com o aumento da passagem frente a crise que o país passa, a prefeitura resolveu em criar o projeto para o subsidio.

Comprometimento da empresa

De acordo com o prefeito, um documento foi assinado para a renovação da frota e segundo Claudio, a empresa está cumprindo. Ela comprou os primeiros ônibus dentro do primeiro prazo estabelecido.

A empresa Viação São Roque, responsável pelo transporte coletivo municipal de São Roque, até o momento dentro do acordo já colocou a disposição 10 ônibus e tem até o fim de junho para colocar mais 10.
Os carros, na cor amarelo e branco foram direto para garagem onde foram adesivados no fim de semana com a nome da empresa.

Alguns deles são micro-ônibus são usados e teriam sido adquiridos da empresa Vale de Cotia, informação não confirmada pela Viação São Roque.

Os veículos são adaptados com elevador para cadeirantes.

Reclamações e problemas

A Viação São Roque é a responsável pelo transporte coletivo no município e faz as linhas para todos os bairros da cidade, porém, o serviço prestado não vem agradando aos usuários.

Há diversas reclamações, entre elas, graves falhas nos horários, atrasos, falta de veículos e cumprimento do itinerário.

Também, uma das principais reclamações, é a condição dos ônibus, que segundo os usuários, estão precários, velhos, sucateados e proporcionando risco à segurança.

A empresa se defende, diz que a atual crise também prejudica, a diminuição do número de passageiros, o não reajuste da passagem adequadamente, o grande número de pessoas andando de graça como idosos, policiais, deficientes entre outros, além dos estudantes e a falta de um subsídio da prefeitura.

O prefeito Cláudio Góes informou que a Viação São Roque renovou o contrato no ano passado com a prefeitura por mais 6 anos, o que permite a prestação do serviço até o fim de 2021.

Disse que a empresa vai precisar cumprir todos os itens do contrato se quiser permanecer, isso significa fazer um serviço de qualidade para a população.

De qualquer forma, Cláudio afirmou que, para a empresa continuar, ela terá que rigorosamente melhorar o atendimento e investir.

A negociação sobre as obrigatoriedades está em documento assinado e se não cumprir, o contrato será encerrado e, assim uma nova empresa assumirá imediatamente.
.

Fonte: da Redação


São Roque Notícias

0 comentários:

Postar um comentário