Mulher corta a mão em São Roque ao tentar conter vazamento de esgoto da Sabesp

16:02 |




19/05/2017 17:08:17 - Atualizado em: 22/05/2017 12:03:16



AMPLIAR FOTO
Mulher teve corte profundo na mão e levou 18 pontos


AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


AMPLIAR FOTO


Uma mulher de 62 anos teve um grave ferimento na mão ao tentar conter um vazamento da caixa de esgoto da Sabesp em sua residência na manhã de sexta-feira, 19, no bairro Paisagem Colonial, em São Roque.

De acordo com as informações passadas pela família moradora na residência, a Sabesp enviou recentemente uma intimação para que fosse construída uma caixa de esgoto na residência.

Ainda segundo os moradores, a caixa foi construída e na segunda-feira, 15, os funcionários da Sabesp apareceram para fazer a ligação no local.

Na sexta-feira, quando o dia amanheceu, devido a madrugada de chuva, a caixa encheu e o esgoto começou a voltar e entrar pelos ralos da residência.

Rapidamente, segundo a família, a água invadiu vários cômodos.

Os moradores contam que ligaram em seguida para Sabesp para fazer o conserto. Relata a família, que receberam a informação de que uma equipe iria para o local para fazer o reparo.

Após algumas horas, a equipe não apareceu e novamente a família ligou para a Sabesp, desta vez recebeu a mesma informação, a de que iriam fazer o conserto.

Novamente ninguém apareceu e na sequencia, os familiares ligaram várias vezes para a empresa que acabou não resolvendo o problema.

A dona da casa, cansada de esperar, tentou conter a inundação com uma tábua e um bloco.

Quando carregava os materiais, ela escorregou e caiu com a mão sobre o bloco de cimento que quebrou.

Os cacos fizeram um grande e profundo corte na mão da mulher. Rapidamente os familiares a ajudaram com uma toalha que foi enrolada em sua mão e a levaram para a Santa Casa de São Roque.

Após ser atendida, ela precisou levar 18 pontos na mão. A mulher recebeu alta em seguida.

Os familiares estão indignados com a demora no atendimento da Sabesp. Embora a queda da mulher tenha sido um acidente, eles acreditam que se uma equipe tivesse ido ao local, o acidente possivelmente teria sido evitado.

Ainda segundo a família, apenas no sábado, dia seguinte ao acidente, uma equipe apareceu no local e mesmo assim o problema não foi resolvido.

Segundo os moradores, a empresa ficou de fazer o conserto nesta segunda-feira, 22.

Fonte: da Redação

0 comentários:

Postar um comentário