Cemucam será privatizado ainda este ano, diz Dória

10:35 |



Por  em maio 10, 2017

Foto: Sonia MarquesFoto: Sonia MarquesO prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira, 9, a relação dos primeiros 14 parques municipais que devem ser concedidos à iniciativa privada dentro do programa de desestatização da Prefeitura. Um deles é o Parque Cemucam, na Granja Viana.
A lista concentra os parques mais caros para a administração.
Segundo Doria, o modelo de concessão e as contrapartidas ao gestor privado ainda serão definidos após recebimento de estudos que serão feitos e apresentados à Prefeitura por empresas e instituições interessados em assumir os parques da capital.
A única certeza, disse o prefeito, é de que o acesso aos equipamentos continuará sendo livre, sem cobrança de ingresso.
“O objetivo não é ganhar dinheiro, mas sim eficiência operacional na gestão dos parques municipais. É uma nova etapa na vida da cidade”, disse Doria, que classificou os parques selecionados como “âncoras” para atrair o interesse da iniciativa privada.
De acordo com Wilson Poit, secretário municipal de Desestatização e Parcerias, os 14 parques respondem por 40% do custo total de manutenção dos 107 parques da cidade, estimado em R$ 180 milhões por ano.
A ideia, porém, é que eles sejam concedidos em pacotes, juntos com parques menos badalados e mais periféricos por pelo menos cinco anos.
Só o Parque do Ibirapuera custa R$ 29 milhões por ano.
Segundo o secretário, a empresa ou instituição que assumir o parque poderá obter retorno financeiro explorando estacionamento, restaurantes e lanchonetes, rede de wi-fi, aluguel de bicicletas, publicidade, realização de shows e até comissão para filmagens.
Doria descartou a possibilidade das concessões elitizarem os parques. “Quem vai regular isso é a lei do mercado”, disse.
A Prefeitura abre, a partir desta quarta-feir (10), prazo de 30 dias para receber os estudos da iniciativa privada. A ideia é lançar o edital de licitação das concessões no segundo semestre deste ano.
Cemucam sem manutenção
Sem manutenção, o Parque Cemucam, embora pertença à Prefeitura de São Paulo é utlizado principalmente por moradores da Granja Viana que neste sábado fazem um mutirão de limpeza no parque (leia aqui). A prefeitura de Cotia, ainda na gestão de Carlão Camargo  (PSDB) cogitou negociar com a prefeitura de São Paulo a gestão do parque mas a conversa não foi adiante (Entenda)
Veja outros parques serão privatizados.
Ibirapuera;
Aclimação;
Anhanguera;
Buenos Aires;
Carmo – Olavo Egydio Setúbal;
Chácara do Jockey;
Chuvisco;
Cidade Toronto;
Independência;
Jardim da Luz;
Trianon – Tenente Siqueira Campos;
Vila Guilherme – Trote;
Vila Prudente – Ecológico Profª. Lydia Natalizio Diogo.
(Com informações da Revista Exame)
Redação

0 comentários:

Postar um comentário