Reconstrução da Avenida Marginal começa na próxima semana

11:50 |

12/04/2017 às 11h07min - Atualizada em 12/04/2017 às 11h07min





Da Redação: Rafael Barbosa - Fotos: Carlos Mello
As obras de reconstrução do trecho final da Avenida Antonino Dias bastos, via marginal de São Roque devem começar na próxima segunda-feira (17), segundo o Prefeito Claudio Góes. De acordo com o governante, a mini concorrência realizada para escolher a empresa encarregada dos trabalhos foi realizada na semana passada, onde cinco instituições foram convidadas, sendo que três compareceram e dentre elas a vencedora foi a DDR Construções e Comércio LTDA, empresa da cidade de Araras.
“Fizemos a abertura dos envelopes e a empresa ganhadora apresentou a uma proposta de aproximadamente R$2.7 milhões. Para se ter uma ideia a verba destinada para a obra era de aproximadamente R$3.4 milhões, sendo que a verba restante, que deve ser empregada também na marginal, será empenhada em melhorias para a via”, afirmou o Prefeito.
Desde terça-feira, o maquinário já começou a se instalar na via, organizando os preparativos para as obras, que já interditou o trecho final da via, anteriormente liberado para o tráfego, entretanto segundo o prefeito, as obras serão realizadas para causar o menor impacto possível para o trânsito. Após o início dos trabalhos, que começam após o feriado de pascoa, a população deve ter a Marginal reconstruída em seis meses, tempo especificado em contrato, entretanto a Prefeitura já garantiu que está mantendo o diálogo com a empresa para agilizar os trabalhos e tentar concluir a marginal até a realização das Festas de Agosto 2017. “Este é um presente que gostaria de dar para nossa população e para São Roque”, afirmou Claudio, embora o governante já tenha afirmado que a obra deverá ter o tempo necessário para que seja feita de forma correta. 
Entretanto, mesmo que a população tenha sua obra concluída apenas em outubro, será um tempo pequeno se comparado ao período em que São Roque teve que lidar com a destruição de uma de suas principais vias, destruída em Março de 2016 após as enchentes. Desde a destruição da via, não apenas o trânsito foi prejudicado, mas também diversos empreendimentos que foram afetados ou mesmo tiveram que fechar suas portas com o incidente que deixou uma cicatriz visível na cidade.
Uma ferida que deve começar a cicatrizar na próxima semana.  

0 comentários:

Postar um comentário