Miss que sofreu ataque de ácido do ex-namorado mostra rosto pela 1ª vez: 'Quero que vejam o que ele fez comigo'

17:44 |

Geral

21/04/2017



Foto: Reprodução / Daily Mail
Ela acusa seu ex-namorado do crime que quase a deixou cega
A ex-miss italiana que sofreu um ataque com ácido mostrou pela primeira vez como está o seu rosto após o ocorrido, conforme conta o veículo britânico Daily Mail.

Ela realizou a aparição em um programa de televisão, onde falou sobre o ocorrido.

Gessica Notaro, de 27 anos, acusa seu ex-namorado de ter cometido o crime.

Veja também 

Segundo ela, ele ficou insatisfeito com o término, tinha ciúme e a perseguia com frequência.

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 

O acusado se chama Jorge Edson Tavares e tem 29 anos.
Ele é cidadão de Cabo Verde, na África  (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Inicialmente, ela cobriu seu rosto com um lenço, e lhe disseram que ela poderia permanecer desta forma.

Porém, ela resolveu remover o lenço.

— Eu quero que vocês vejam o que ele fez comigo. Isso não é amor.

Foto: Reprodução / Daily Mail

O ataque ocorreu do lado de fora da casa de Gessica, na costa leste da Itália.

Ele foi preso por policiais por suspeita de envolvimento no crime, mas ele nega.

Gessica teve queimaduras profundas no rosto, principalmente na região dos olhos, e sua vista ficou em risco.

Ela falou sobre esse momento ao programa.

— Enquanto o ácido corroía meu rosto, eu rezava e pensava “o ácido pode levar embora minha beleza, mas por favor, que não leve minha visão”.

A vítima é de Rimini, na Emilia-Romana, e foi eleita miss dessa região em 2007, quando também foi finalista do Miss Itália.

Foto: Reprodução/Daily Mail

Agora, ela enfrenta uma espera de um ano até que ela esteja bem o suficiente para a cirurgia plástica.

Ela gasta R$2500 com medicamentos, colírios e loções para diminuir a dor.

Enquanto isso, Tavares, que nega o ataque, está na prisão aguardando julgamento. Gessica diz que está passando por punições, também.

— Estou passando pelos meus próprios dois meses de prisão.

Eu não posso viver como costumava.

Não posso sair no sol, estou constantemente presa a essa máscara e meu rosto dói o tempo todo.

R7

0 comentários:

Postar um comentário