Itamaraty teme escalada de guerra na Síria após ataque dos EUA

20:19 |

Política

07/04/2017




Foto: Reprodução / Agência Globo
Governo pede investigações
O governo brasileiro expressou nesta sexta-feira sua preocupação com a situação na Síria, depois de um ataque realizado pelos Estados Unidos contra posições do regime sírio em represália a um suposto ataque químico atribuído a Damasco.

O Brasil está preocupado "com a escalada do conflito militar na Síria e reitera sua consternação com as notícias do uso de armas químicas", segundo a nota do Palácio do Itamaraty.

A chancelaria pediu "investigações amplas e imparciais sobre o ocorrido em Idlib" (onde um suposto ataque químico deixou dezenas de mortos) para que haja "punição para os responsáveis".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anuncia ataque contra base militar na
Síria, de sua residência em West Palm Beach, na Flórida(Foto: Reprodução / Internet)
 
O bombardeio à base militar síria de al-Shayrate foi ordenado pelo presidente Donald Trump, em retaliação a um ataque químico contra a cidade de Khan Sheikhun, que matou pelo menos 86 pessoas e é atribuído ao governo sírio pelos EUA. O incidente desencadeou uma onda de reações da comunidade internacional.

A ação foi apoiada por países ocidentais e condenada por aliados do ditador sírio, Bashar al-Assad, como Rússia e Irã.

A Presidência síria, por sua vez, classificou os bombardeios americanos de ato “irresponsável” e “tolo”.

Foto: Reprodução / O Globo

“O que os Estados Unidos fizeram não passa de um comportamento tolo e irresponsável, o que apenas revela sua visão míope a curto prazo e sua cegueira política e militar a respeito da realidade”, disse em um comunicado.

O Globo 

0 comentários:

Postar um comentário