Projeto garante orientação profissional para aluno da rede pública

15:38 |



23/02/2017 - 09h59



Estudantes da rede pública e beneficiários de bolsa integral na rede privada poderão contar, a partir do último ano do ensino fundamental, com serviço de orientação profissional especializado gratuito. É o que prevê o Projeto de Lei 5053/16, do Senado Federal, que está sendo analisado pela Câmara dos Deputados.
O objetivo do serviço é dar apoio à decisão sobre prosseguimento de estudos em curso técnico de nível médio e na educação superior. O projeto acrescenta dispositivo à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/96).

A proposta foi sugerida por estudantes de ensino médio participantes do programa Jovem Senador à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado. “Por meio do teste vocacional, os estudantes poderão contar com ferramentas para tornar sua escolha de carreira mais fundamentada”, afirma o senador Paulo Paim (PT-RS), ex-presidente da comissão.
Tramitação
A proposta, que tramita em regime de prioridade, será analisada pelas comissões de Educação e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, será votada pelo Plenário.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Lara Haje
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'

0 comentários:

Postar um comentário