Exame reprova 80% dos alunos do Ensino Fundamental no Vale

12:47 |





Um em cada cinco estudantes tem aprendizado satisfatório ao chegar no 9º ano do Ensino Fundamental , segundo levantamento com escolas públicas da região; maioria é reprovada em português e matemática
Redação / Gazeta de Taubaté
redacao@gazetadetaubate.com.br
De cada 10 estudantes que chegam ao final do Ensino Fundamental nas cidades da RMVale, em escolas públicas, oito não sabem adequadamente o português e a matemática. Eles saem do ciclo básico com deficiências em leitura, compreensão de texto e resolução de problemas matemáticos.
A constatação é da plataforma QEdu (qedu.org.br), criada pela Fundação Lemann, em 2012, e que analisou os dados da Prova Brasil 2015 para cada cidade do país. Os 39 municípios da região foram reprovados na qualidade do ensino público avaliado no ano final do Ensino Fundamental, em escolas municipais e estaduais.
RESULTADOS/ De quase 20 mil alunos no 9º ano do Fundamental na região, que fizeram a Prova Brasil, 6,6 mil aprenderam adequadamente o conteúdo de português e 3,5 mil o de matemática.
Na média, só um quarto dos estudantes do 9º ano que passaram pelo exame mostraram que aprenderam as duas matérias. Os outros não conseguiram absorver o conteúdo exigido.
É muito pouco para o Vale do Paraíba, uma das regiões mais ricas do Estado.
META/ Os resultados mostram que a RMVale está distante de atingir a meta de 70% para ambas as disciplinas até 2022, segundo o movimento ‘Todos Pela Educação’, fundado em 2006 para melhorar o ensino no Brasil.
“Os alunos estão indo para o Ensino Médio despreparados, o que prejudica o desempenho e aumenta a evasão escolar, o que é ruim para o país”, avaliou o educador Vitor Loureiro, coordenador pedagógico do 9° ano e do Ensino Médio do Colégio Univap (Universidade do Vale do Paraíba), unidade do Aquarius, na zona oeste de São José.
A situação melhora na avaliação dos anos iniciais do Ensino Fundamental, de 1º ao 5º ano (leia texto nesta página), mostrando que o desafio é melhorar os anos finais.
Maior desafio é no Ensino Fundamental
O desafio para as cidades da região é melhorar o aprendizado dos alunos nos anos finais do Ensino Fundamental, entre o 6º e o 9º ano.
É nesse período que o aprendizado cai em relação aos anos iniciais do Ensino Fundamental, entre o 1º e o 5 ano.
Na Prova Brasil 2015, entre 24.275 alunos do 5º ano que fizeram o exame de português, nas 39 cidades da RMVale, 15.462 conseguiram o aprendizado adequado para a série, índice de 63,70%.
Em matemática, o rendimento cai um pouco, mas ainda é considerado bom. Do total de 24.275 alunos, 13.286 (54,73%) adquiriram o conhecimento exigido para a série.
“O problema começa com os anos finais, quando os jovens começam a desistir da escola, que deixa de ser interessante”, disse o educador Arnaldo Ferreira. “É preciso tornar o ensino mais atraente”.
Segundo ele, a necessidade de trabalhar, o desinteresse na escola e problemas familiares aumentam a quantidade de adolescentes que deixam a escola antes do Ensino Médio.

0 comentários:

Postar um comentário