CPTM e Metrô: desempregados têm isenção de tarifa por até 3 meses

16:27 |

















Benefício é válido só na Grande SP para quem foi demitido sem justa causa; é preciso apresentar a carteira de trabalho junto ao bilhete
Quem vive o drama do desemprego sabe que não é barato se manter ativo procurando trabalho. Um dos principais custos é justamente o deslocamento para encontros e entrevistas. Para ajudar os cidadãos nessa situação, a CPTM e o Metrô oferecem um passe especial para quem foi demitido sem justa causa e está buscando uma nova oportunidade.

A medida beneficia quem está fora do mercado há, no mínimo, um mês e, no máximo, seis meses. A isenção vale por três meses, não renováveis, e o bilhete especial pode ser utilizado apenas nos sistemas de trens e metrô da Grande São Paulo.

No entanto, é importante lembrar que é preciso apresentar a carteira de trabalho junto ao bilhete emitido toda vez que for utilizar alguma das linhas de transporte.

Como se cadastrar?
Quem for utilizar a CPTM precisa solicitar a Credencial para o Trabalhador Desempregado na Estação Barra Funda. O horário de funcionamento do posto é de segunda a sexta-feira (exceto feriados) das 8h às 16h.

O cadastro é realizado mediante a apresentação do RG, CPF, carteira de trabalho com a baixa do último emprego e o último termo de rescisão de contrato de trabalho.

No caso do Metrô, o interessado no Bilhete Especial do Desempregado deve seguir com os mesmos documentos até a Estação Marechal Deodoro, na Linha 3-Vermelha, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h.

Para mais informações, acesse os sites da CPTM e do Metrô.
Foto: Ciete Silvério
- See more at: http://www.portalviva.com.br/index.php/2016-03-30-14-40-48/acoes-sociais/14139-cptm-e-metro-desempregados-tem-isencao-de-tarifa-por-ate-3-meses#sthash.c47MXEoX.dpuf

0 comentários:

Postar um comentário