Orangotango é morto a tiros, cortado em pedaços e comido após se perder em plantação em ilha asiática

22:15 |

Bizarro

20/02/2017



Foto: Foto: Reprodução / Daily Mail
Os suspeitos enfrentam uma investigação que poderia resultar em até cinco anos de cadeia, se condenados
Três homens foram acusados de um assassinato brutal no distrito de Kapuas Hulu, na ilha de Bornéu. Eles supostamente teriam matado um orangotango a tiros quando ele invadiu e se perdeu em uma plantação de palmas, segundo informações do Daily Mail.

O animal teria sido cortado em pedaços e preparado como comida. Agora, os suspeitos enfrentam uma investigação que poderia resultar em até cinco anos de cadeia, se condenados.

As autoridades deram início a uma investigação após imagens do incidente terem sido divulgadas na internet. Os homens foram presos após a polícia encontrar ossos de orangotango e carne seca em um armário próximo ao campo onde trabalhavam, em uma região remota da ilha.

Segundo o chefe de polícia local, Jukiman Situmorang, os três foram acusados de “atirar, cortar, cozinhar e comer o orangotango”, no dia 27 de janeiro de 2017. De acordo com a legislação local, eles podem enfrentar até cinco anos de prisão se forem considerados culpados de violar leis ambientalistas de proteção animal.

O grupo ativista COP (Centro para a Proteção de Orangotangos) denunciou o assassinato e pediu a polícia que puna a empresa que administra a plantação, bem como os trabalhados.

Hardi Baktiantoro, chefe da COP, criticou as companhias que produzem óleo de palma pela introdução da regra de punir seus funcionários caso danos ocorram às plantas. Isso significa que, ao verem os orangotangos, que frequentemente se perdem em plantações e acidentalmente causam danos a elas, os trabalhadores só tem uma opção: atacar.

Além disso, Baktiantoro argumentou que, em primeiro lugar, as autoridades nunca deveriam ter dado permissão para a construção de uma plantação na área, uma vez que costumava ser um habitat natural dos macacos.

De acordo com dados da WWF, o habitat dos orangotangos de Bornéu diminuiu mais de 50% nos últimos 20 anos, e sua população caiu em mais de 50% nos últimos 60 anos. Logo, a União Internacional para a Conservação da Natureza classifica o animal como criticamente ameaçado de extinção.

Daily Mail / Jornal Ciência 

0 comentários:

Postar um comentário