Polícia de Mairinque também indicia mãe de bebê espancada pelo próprio pai

20:24 |

16/01/2017 23:11:53



AMPLIAR FOTO
Pai da criança foi preso no Hospital Regional de Sorocaba após confessar espacamento


A ajudante de cozinha, de 23 anos, mãe da bebê de 6 meses espancada pelo próprio pai por causa do choro na noite de sábado, 14, também foi indiciada nesta segunda-feira, 16, pela Polícia Civil de Mairinque por omissão, omissão de socorro e tentativa de homicídio.

O pai da bebê que confessou a agressão e foi preso pela Polícia Militar havia sido indiciado em flagrante no sábado por tentativa de homicídio.

Nesta segunda-feira, 16, a delegada de Mairinque, Dra. Fernanda Ueda, ouviu a mãe da criança e após o depoimento, indiciou a investigada.

De acordo com a delegada, a mãe, segundo as declarações estaria tentando encobertar o ato do pai de agredir a criança.

A mãe teria entrado em contradição algumas vezes durante o depoimento.

Ela deve responder em liberdade.

A delegada também ouviu os conselheiros municipais e assim que a bebê tiver alta ela será recolhida. Os conselheiros estão contatando os familiares da mãe da criança para saber o destino dela.

O pai continua preso transferido para a Cadeia de Capela do Alto.

A criança 

A bebê continua internada no Hospital Regional de Sorocaba após ter sido transferida do P.A de Mairinque. Ela está na UTI, o estado de saúde é considerado grave, mas, estável.

Os médicos constataram fratura de cinco costelas, no braço e afundamento de crânio depois da agressão que aconteceu na noite de sábado, 14. A não tem previsão de alta.

O caso

Um homem de 20 anos foi preso acusado de ter espancado a própria filha de 6 meses de idade em Mairinque.

A crime ocorreu na noite deste sábado, 14, e o suspeito teria confessado o crime a um policial.

O caso foi descoberto quando a criança já estava sendo atendida no Hospital Regional de Sorocaba.

Um Policial Militar que estava fazendo escolta de um preso no Hospital Regional, foi chamado pela equipe médica relatando que um bebê havia dado entrada na unidade em estado grave com sinais de espancamento.

O PM prontamente atendeu ao pedido e foi checar a situação. Após receber todos os detalhes do estado de saúde da criança, que está na UTI, ele se encaminhou até os pais que estavam no hospital.

De acordo com o policial, o pai acabou confessando que bateu na criança em casa.

Ele relatou, informou o PM, que estava sozinho em casa com a criança, a mãe estava trabalhando, quando teve um “ataque de estresse” devido ao choro da criança e desferiu “um soco” contra ela. Depois, comentou ao policial, que teria dado “vários chacoalhões” na bebê.

O depoimento, segundo o PM, foi no hospital e presenciado pelo corpo clínico da unidade.

Diante da confissão, o policial deu voz de prisão ao homem por tentativa de homicídio qualificado. Uma equipe da Polícia Militar conduziu o suspeito até a Delegacia de Mairinque onde a ocorrência foi registrada.

Após os registros legais, ele foi encaminhado a Unidade de Transferência de São Roque onde aguarda decisão da Justiça para ser encaminhado a cadeia de Pilar do Sul.

O Conselho Tutelar de Mairinque foi acionado e acompanha o caso.

O caso teria ocorrido no bairro Jardim Vitória em Mairinque.

Fonte: da Redação

São Roque Notícias

0 comentários:

Postar um comentário