Tarifa do transporte público será reduzida em São Paulo, no Rio e em diversas cidades do Brasil

06:20 |


23h34 – O estudante de arquitetura Pierre Ramon Alves de Oliveira, de 20 anos,  que participou da depredação da Prefeitura no protesto de terça-feira em São Paulo, foi liberado do Deic após o pedido de prisão temporária feito pelo delegado  Roberto Afonso da Silva ter sido negado pela Justiça. No requerimento,  Oliveira é acusado dos crimes de dano ao patrimônio  público e formação de quadrilha.
O juiz que recebeu a solicitação entendeu que não havia indícios suficientes para a prisão por formação de quadrilha e, como o crime de dano é afiançável, o estudante foi solto. Ele  segue sendo investigado.
Na saída, falou com a imprensa: “Peço desculpas a todos os manifestantes do Movimento Passe Livre. Vou responder pelos meus atos, mas estou de cara limpa e gostaria que as outras pessoas que participaram da depredação se entregassem à polícia. Confessei, não me mascarei”, disse. Ele negou participação na queima do carro da Record na frente da Prefeitura. Veja declaração:

23h00 – Depois de seis horas de passeata, interdição da ponte que liga o município ao Rio e confrontos com a polícia, termina o protesto em Niterói.
22h11- BELO HORIZONTE - A estimativa é que entre 5 mil e 8 mil manifestantes tenham chegado na Praça da Savassi, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, perto das 21h desta noite. O trânsito no local está parado e a Polícia Militar fechou parte das ruas que dão acesso ao local do protesto, desviando o fluxo de veículos.
Os manifestantes estão reunidos desde a tarde de hoje e, depois de caminhar em marcha por cerca de 8km, passando pelas principais praças de Belo Horizonte, como praça da Assembleia e praça da Estação, onde telespectadores assistiam ao jogo da seleção brasileira, chegaram, finalmente, à Praça da Savassi, um dos redutos jovens da capital mineira. (Bruno Marques, Especial para o  Estado).

21h58 – Cerca de 600 pessoas protestam neste momento em frente ao prédio onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem um apartamento em São Bernardo do Campo, no Grande ABC. O  imóvel fica na Avenida Francisco Prestes Maia.
21h56 – Há pouco, manifestantes bloqueavam a Avenida Aricanduva, na altura da Avenida Itaquera, sentido bairro. Acompanhe a situação do trânsito na capital.
21h50 – Manifestações interditam o trânsito na Rodovia Anchieta, km 18, nos dois sentidos. A Rodovia dos Imigrantes também está bloqueada por conta de protestos, no km 68, sentido São Paulo. Um grupo de manifestantes que partiu de São Caetano do Sul, por sua vez, se dissipou agora, em Santo André. Eles  finalizaram o ato no Shopping ABC.
21h40 – Depois de 1h15, a Ponte Rio-Niterói foi reaberta para o tráfego de veículos.
21h28 – Veja vídeo do repórter Bruno Ribeiro com a reação dos membros do Movimento Passe  Livre ao ver na televisão o anúncio da revogação do aumento das passagens de ônibus, trem e metrô, nesta quarta-feira, 19:
20h47 – NITERÓI – Apesar do anúncio da redução do preço da passagem de ônibus, manifestantes e polícia continuam se enfrentando nas ruas da cidade.
20h45 – Em Itu (SP),  o prefeito Antonio Luiz Carvalho Gomes (PSD) decidiu cancelar o aumento que elevaria, na segunda-feira, a tarifa de ônibus de R$ 3 para R$ 3,20.
20h41 – Grupo com cerca de mil manifestantes que está na Avenida Paulista segue em direção à Rua da Consolação. Parte do bloco retorna para o vão livre do Masp. O protesto é pacífico até o momento.
20h32 – NITERÓI – A Prefeitura da cidade, na Região Metropolitana do Rio, anunciou na noite desta quarta-feira que a tarifa dos ônibus municipais será reduzida de R$ 2,95 para R$ 2,75. O aumento havia ocorrido neste mês. A data em que a nova tarifa passará a vigorar ainda não foi anunciada. 
Cerca de 8 mil pessoas participam de um protesto no município, convocado exatamente para exigir o cancelamento do reajuste das tarifas. 
20h25 – SOROCABA – O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) assinou decreto no início da noite desta quarta-feira, 19, revogando o aumento na tarifa de ônibus na cidade, concedido há uma semana. Com isso, o passe social, mais usado pela população, que tinha subido para R$ 3,15, volta a custar R$ 2,95.
Pannunzio, que após os três protestos já realizados na cidade tinha descartado a redução, disse que a medida foi motivada pela decisão da presidente Dilma Rousseff de desonerar os custos do transporte coletivo. “Acompanhamos também a redução das tarifas do transporte público em São Paulo, anunciadas pelo governador Geraldo Alckmin e pelo prefeito Fernando Haddad.” (José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo).
20h19 – Os manifestantes que partiram da Avenida Goiás, em São Caetano, chegaram a Santo André e devem ir até São Bernardo do Campo. O protesto é pacífico. Mais cedo, eles cantaram o Hino Nacional:

20h16 – NITERÓI – Manifestantes radicais tentam virar um ônibus na cidade em protesto pela redução da tarifa de ônibus. O protesto começou por volta das 17h e causou a interdição da Ponte Rio-Niterói.  A Tropa de Choque da PM vai atrás do grupo para reprimir a ação.
20h13 – BELO HORIZONTE – Após três dias consecutivos de manifestações, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou nesta quarta-feira, 19, que vai enviar à Câmara Municipal um projeto de lei para acabar com a cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) que incide sobre o transporte coletivo. A medida tem o objetivo de tentar reduzir o preço das passagens e o projeto será detalhado nesta quinta, 20, quando há mais um protesto marcado para ocorrer na capital.(Marcelo Portela,O Estado de S. Paulo).
20h06 – ARARAQUARA – A Prefeitura anunciou na tarde desta quarta-feira, 19, uma redução de 10 centavos na passagem de ônibus. A tarifa cairá de R$ 2,90 para R$ 2,80, porém, para que isso ocorra será necessária a aprovação nesta quinta-feira, 20, do projeto encaminhado aos vereadores pelo prefeito Marcelo Barbieri (PMDB).
Para baixar a tarifa, o prefeito propõe a isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) para o serviço de transporte coletivo no município. Caso ocorra a aprovação, a lei deverá ser sancionada na sequência para entrar em vigor ainda nesta semana.
O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa na qual o prefeito confirmou que a medida foi impulsionada pelos protestos que ocorrem pelo país e na própria cidade. (Rene Moreira,especial para o Estado).

20h03 - CAMPINAS – O  prefeito Jonas Donizette (PSB) anunciou na noite desta quarta-feira, 19, que vai reduzir ainda mais a tarifa na cidade e antecipar o corte para segunda-feira. A passagem vai para R$ 3,00, seguindo a redução anunciada horas antes pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e pelo governador, Geraldo Alckmin (PSDB).
Em Campinas, a prefeitura já havia decidido reduzir, a partir de 1º julho, as passagens de R$ 3,30 para R$ 3,20. O aumento havia sido concedido em dezembro de 2012. Os R$ 0,10 iniciais foram tirados considerando a desoneração dada pelo governo federal para as empresas do setor do PIS e do Cofins. (Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo)

20h02CUIABÁ – Milhares de pessoas participaram nesta quarta-feira das manifestações em defesa do transporte público e pelo cumprimento da lei do passe livre. Eles ocuparam as principais avenidas centrais de Cuiabá (MT).A manifestação começou por volta das 17h30 em frente ao Palácio Alencastro, sede da prefeitura. Segundo a Polícia Militar, no início havia cerca de 700 pessoas. Em menos de 20 minutos, o movimento cresceu e reuniu mais de 2,5 mil pessoas.
Foi convocada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) através e a mobilização aconteceu pelas redes sociais.
Os manifestantes seguiram pacificamente em passeata pelas duas principais avenidas centrais da cidade, Getúlio Vargas (no início) e Isaac Póvoas (retorno). (Fátima Lessa, especial para o Estado).
19h52 – Na Avenida Paulista,  manifestantes que seguiam no sentido Paraíso inverteram o rumo da marcha e agora vão em direção à Rua da Consolação. Eles ocupam todas as faixas e estão na altura da Rua Augusta. Acompanhe a situação do trânsito na capital e nas estradas de São Paulo.
19h41 – Imigrantes tem os dois sentidos bloqueados nos dois sentidos no km 68 por causa de uma manifestação.
19h34 – A Ponte Rio-Niterói está interditada nos dois sentidos por causa da manifestação em Niterói contra o aumente da tarifa de ônibus.
19h20 – Em Niterói as manifestações prosseguem e um grupo com milhares de pessoas segue para a Ponte Rio-Niterói.
19h04 - Manifestantes ocupam a Avenida Paulista, sentido Paraíso.
18h45 - Integrantes do Movimento Passe Livre choram ao saber da notícia da redução do preço das tarifas em São Paulo:
O Movimento Passe Livre (MPL) recebeu a notícia da redução da passagem de ônibus na cidade de São Paulo pelo Estado, que antecipou a informação, e correu para acompanhar a coletiva feita pelo prefeito Fernando Haddad e pelo governador Geraldo Alckmin no início da noite desta quarta-feira, 19. O grupo viu a entrevista em frente a uma TV em um bar da Rua da Abolição, no centro da cidade, fazendo uma grande festa no lugar quando o anúncio foi oficializado: revogação do aumento das tarifas de ônibus, trem e metrô, que retornam de R$ 3, 20 para R$ 3,00 à 0h da segunda-feira, 24.
Sob forte emoção, e com integrantes em prantos, eles gritaram e disseram que o aumento revogado foi “o ultimo reajuste da cidade de são Paulo.”
A manifestação marcada para esta quinta-feira, 20, a sétima desde o dia 6, será agora um ato de festa, disseram os integrantes do MPL. “Vamos manter o ato para comemorar e também em solidariedade às outras cidades que ainda querem a revogação do reajuste” , disse um dos integrantes do movimento, o estudante Caio Martins, de 19 anos.
Membros do movimento afirmaram que a luta não termina enquanto não houver um transporte de qualidade e gratuito na cidade. Pegos de surpresa com o anúncio desta noite, eles informaram que ainda vão avaliar como será sua atuação daqui para frente. O objetivo, no entanto, continua sendo a tarifa zero na capital, disseram. (Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo).

18h26Veja a lista de cidades que já reduziram o valor da passagem de ônibus no Brasil:
São Paulo – R$ 3,20 para R$ 3,00
Rio de Janeiro – R$ 2,95 para R$ 2,75
Cuiabá – R$ 2,95 para R$ 2,83
João Pessoa – De R$ 2,30 para R$ 2,20
Manaus – De R$ 3,00 para R$ 2,90
Natal – R$ 2,40 para R$ 2,30
Porto Alegre – R$ 2,85 para R$ 2,80
Recife – R$ 2,25 para R$ 2,15

18h18 -O prefeito do Rio de Janeiro também  anuncia neste momento a revogação do aumento da passagem de ônibus na cidade. Depois de seguidos protestos, a tarifa voltará aos  R$ 2,75 na capital fluminense. Ela havia sido aumentada para R$ 2,95 no dia 1º de junho.
18h10 – O governador Geraldo Alckmin dá neste momento uma entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes. “Vamos revogar  o reajuste dado voltando a R$ 3,00. É um sacrifício grande, vamos ter que cortar investimentos”, disse ele. “Vamos ter q arcar com estes custos, apertar o cinto , mas entendo que é importante para o transporte e para a cidade. Para termos tranquilidade para debater temas legitimamente colocados.”
A tarifa de ônibus também voltou ao patamar de R$ 3,00, informou o prefeito Fernando Haddad (PT), que acompanha o governador. “É um gesto de aproximação, de entendimento”, disse ele. “Agora temos que explicar as consequências desse gesto para o futuro da nossa cidade. Estaremos em diálogo permanente  para que o orçamento seja repensado à luz dessa nova realidade”. 
18h06 – Um dos responsáveis por atos de vandalismo na frente da  Prefeitura no sexto protesto contra o aumento da tarifa em São Paulo, nessa terça-feira, 18, foi detido e presta depoimento na sede do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic). Pierre Ramon, de 2o anos, é estudante de arquitetura da FMU. Ele atacou a Prefeitura e ajudou a queimar um carro da Record.
Oliveira na frente da Prefeitura na manifestação dessa terça-feira, 18. Foto: Tiago Queiroz/Estadão
17h43 – No protesto que acontece neste momento em São Bernardo do Campo (SP), um grupo em São Paulo já passou pela prefeitura. A movimentação é pacífica.
17h38 – PRESIDENTE PRUDENTE (SP) – A passagem de ônibus baixou R$ 0,10 em Presidente Prudente (SP) e, a partir de sábado, passa a custar R$ 2,50. A redução da tarifa, que custa R$ 2,60 desde janeiro, foi uma decisão unilateral do prefeito Milton Carlos de Mello, o Tupã (PTB). Ele não consultou as duas empresas de ônibus da cidade e, hoje, diminuiu o preço. O cartão magnético, com um mínimo de 50 bilhetes, teve o preço reduzido de R$ 2,50 para R$ 2,40. Na segundo-feira, cerca de dois mil manifestantes protestaram no centro de Prudente contra o preço da passagem. Alguns chegaram a ocupar a rampa que dá acesso à Prefeitura e à Câmara de Vereadores.
17h36 – NITERÓI (RJ) – O protesto que começou às 17h já reúne 5 mil pessoas, segundo a Prefeitura de Niterói.
17h27 – O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vão anunciar a redução da tarifa de ônibus e trens do Metrô e da CPTM. O anúncio será feito logo mais em coletiva no Palácio dos Bandeirantes. Com a decisão, o valor das tarifas, atualmente em R$ 3,20, vai voltar a R$ 3,00.
17h12 – O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) decidiram se encontrar no Palácio do Bandeirantes na tarde desta quarta-feira. Os dois vão discutir os protestos ocorridos no Estado desde o aumento das tarifas de ônibus, metrô e trens em São Paulo. O encontro foi marcado às pressas e ocorre depois de Haddad dizer que pode haver espaço para uma redução de até 7% na tarifa desde que um projeto de lei que desonera o setor transporte público seja aprovado no Congresso. A imprensa foi convocada para uma coletiva após o encontro.
17h10 – Seis capitais já anunciaram redução nas tarifas de ônibus:
Cuiabá – R$ 2,95 para R$ 2,83
João Pessoa – De R$ 2,30 para R$ 2,20
Manaus – De R$ 3,00 para R$ 2,90
Natal – R$ 2,40 para R$ 2,30
Porto Alegre – R$ 2,85 para R$ 2,80
Recife – R$ 2,25 para R$ 2,15. O primeiro protesto na capital pernambucana está marcado para esta quinta-feira, 20.
17h00 – OSASCO (SP) – Tem início um protesto que pede a redução do preço das passagens de ônibus na cidade de Osasco, na Grande São Paulo.
16h55 – BELO HORIZONTE – Um grupo de cerca de 2 mil pessoas, formado em sua maioria por estudantes, saiu da Praça Sete de Setembro em direção a Praça Rui Barbosa, onde foi instalado um telão para exibição do jogos da Coda das Confederações. O protesto coincidiu com o horário do jogo Brasil x México, em Fortaleza.
Há muito mais pessoas do lado de fora do evento oficial, que é organizado pela prefeitura, do que dentro da arena de shows montada pela organização. O protesto é pacífico. Mas a Polícia Militar foi acionada. A manifestação chegou a bloquear o trânsito Avenida dos Andradas, em frente à Praça Rui Barbosa.
O principal alvo dos protestos é a realização da Copa do Mundo no País. “Quando o Governo investiu no Estado para acelerar as obras da Copa o posto de saúde do meu bairro entrou em greve por falta de condições de trabalho”, disse o estudante Emanuel Magno.

Manifestantes ocuparam a frente da Prefeitura de Belo Horizonte. Imagem publicada no Instagram pelo internauta brunomunniz
16h40Veja o cronograma de manifestações pelo Brasil nesta quarta-feira, 19:
Niterói (RJ) – 17h – Protesto contra a tarifa de ônibus. Há boatos de que os manifestantes tentarão interditar a Ponte Rio-Niterói.
São Caetano do Sul e São Bernardo do Campo (SP) – 18h – Ato no Centro Digital de São Caetano do Sul, na Avenida Goiás, na altura do número 900. Eles vão andar até São Bernardo do Campo, em um percurso de 12 km.
Vitória (ES) - 17h na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).
Cuiabá (MT) - 17h, em frente à prefeitura. Mais 10 cidades tem protestos agendados em Mato Grosso: Várzea Grande, Barra dos Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra.
Belo Horizonte (MG) - Protesto está acontecendo nesta tarde.
Ouro Preto (MG) - Em Ouro Preto às 15h, na porta da universidade federal)
São Luís (MA) - 18h, na Praça Maria Aragão
Avaré (SP) - 20h, estudantes e moradores promovem manifestação no Largo de São Benedito, região central, para cobrar moralidade na política. São esperados pelo menos mil manifestantes.
Fortaleza (CE) – antes e durante o jogo da seleção brasileira contra o México pela Copa das Confederações. Do lado de fora do estádio Castelão.

Vídeo publicado no YouTube por Liliana Oliveira às 16h28 mostra um trecho da passeata em Fortaleza
16h37 – PORTO ALEGRE – A desoneração de impostos e contribuições incidentes sobre componentes de custos do transporte coletivo, feita pelo governo federal, já levou alguns municípios do Rio Grande do Sul a reduzirem suas tarifas. Nesta quarta-feira, a passagem foi reduzida de R$ 2,85 para R$ 2,75 em Caxias do Sul e de R$ 2,75 para R$ 2,60 em Pelotas. Em Alvorada a tarifa cairá de R$ 2,90 para R$ 2,70 nesta sexta-feira. Em Canoas, o preço foi reduzido de R$ 2,65 para R$ 2,60 em fevereiro.
Na capital, uma nova manifestação pela redução das tarifas do transporte coletivo urbano está programada para a noite desta quinta-feira (20 de junho) em Porto Alegre. Os ativistas vão se reunir diante do Paço Municipal, sede da prefeitura, às 18 horas
16h29 – BELO HORIZONTE – Cerca de 5 mil pessoas participam do protesto. Mas manifestantes estão tomando rumos distintos, com um grupo seguindo em direção à rodoviária e outro à Praça Rui Barbosa, onde foi instalado um telão para exibição do jogo da seleção brasileira contra o México pela Copa das Confederações e há forte presença policial. O objetivo do grupo, segundo a estudante Ludmila Fraga, de 20 anos, é percorrer a avenida Cristiano Machado até a Cidade Administrativa, sede do governo mineiro.

Vídeo enviado pelo repórter Vítor Marques, enviado especial a Belo Horizonte
Na tarde de hoje devem chegar à capital 60 homens da Força Nacional de Segurança. Na noite de ontem, o governo informou que 150 integrantes da tropa haviam desembarcado no Estado, mas a chefe do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel Cláudia Romualdo, confirmou que a primeira parte do reforço chega hoje a Belo Horizonte, onde outros 106 integrantes da força desembarcam na sexta-feira. O reforço foi solicitado pelo governador Antonio Anastasia (PSDB) à presidente Dilma Rousseff na terça-feira (18).
15h53 - BELO HORIZONTE – O clima ficou tenso na Praça Sete de Setembro, no Centro de Belo Horizonte, no terceiro dia seguido de protestos no local. Manifestantes entraram em atrito com o que classificaram de “vândalos infiltrados” no movimento, que começaram a estourar bombas em frente a prédios no entorno. Segundo os manifestantes, não há policiamento no local.
A praça é a mesma onde uma agência bancária e uma loja da operadora de telefonia Vivo foram completamente destruídas e saqueadas no fim da noite de terça-feira e início da madrugada desta quarta por um grupo de pessoas encapuzadas que promoveram ainda quebradeira em outro banco e no prédio da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). De acordo com a Polícia Militar (PM), 12 pessoas foram presas.

Cerca de 5 mil pessoas participam de manifestação em Belo Horizonte nesta quarta-feira. Foto: Vítor Marques/Estadão
15h47 – Depois de manifestações pararem importantes vias da zona sul de São e da Rodovia Anchieta, estrada que liga a capital paulista ao litoral, mais atos estão marcados para todo o Brasil. Entre as cidades com protestos agendados estão Niterói e Belo Horizonte, onde manifestantes fazem a terceira passeata seguida.

PELA MANHÃ: Protestos interditaram vias na Grande São Paulo
Após noite de caos na cidade de São Paulo, com ataque à Prefeitura e saques, esta quarta-feira, 19, começa com novos protestos. Funcionários da CET protestam por melhores salários e deixaram de montar faixas reversíveis na Radial Leste, Ponte das Bandeiras, Avenida Santos Dumont, Avenida Tiradentes e Estrada do M’Boi Mirim.
No Largo de Piraporinha, região sul de São Paulo, a Estrada do M’Boi Mirim está interditada no sentido centro por cerca de 300 manifestantes filiados ao Movimento dos Sem-Teto e Movimento pela Moradia. Eles protestam contra o aumento da passagem e fazem reivindicações locais, como melhorias no sistema de saúde. O trânsito está carregado na região. Também há manifestações em Taboão da Serra e no Grande ABC.
 A Rodovia Anchieta também foi bloqueada por um grupo de manifestantes na altura do km 18, sentido São Paulo.
Ontem à noite, a Rodovia Rio-Santos também foi interditada por manifestantes, na altura de São Sebastião.
Está com problemas no trânsito? Ajude outros motoristas a fugir dos congestionamentos mandando seu relato para o Estado. Durante todo o dia, recebemos informações e imagens de ruas e avenidas paradas com a hashtag #TransitoEstadao no Instagram. Não esqueça de citar o local, o número aproximado e o sentido. As principais dicas vão aparecer no nosso Instagram e no nosso site. Mande e receba informações sobre o trânsito na cidade de São Paulo também pelo twitter do Estadão, usando a hashtag #transito_estadao.
Acompanhe:
13h30 – Após dispersão na Estrada do M’Boi Mirim, as cerca de 50 pessoas que sobraram estão se dirigindo à Prefeitura.
13h18 - SP: A Polícia Militar deverá agir com mais rigor para impedir atos de vandalismo e saques durante os próximos protestos que forem realizados em São Paulo, prometeu o governador Geraldo Alckmin (PSDB) nesta terça-feira, 19.
13h16 - No Recife, tem manifestação programada para esta quinta-feira, 20, a partir das 16 horas, na praça do Derby, no centro da cidade. Ontem, governo de Pernambucano anunciou redução de R$ 0,10 nas passagens.
13h08 - Foi identificado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública o rapaz  com rosto encoberto que deu início ao tumulto no protesto de ontem contra o aumento da passagem de ônibus, realizado no centro de São Paulo. O DEIC obteve na Justiça mandado de prisão temporária do rapaz.
13h04 - SP: A Prefeitura usa máquinas para remover pichações dos prédios.

13h – Em Fortaleza: Organizadores da passeata que acontece em Fortaleza, horas antes do jogo Brasil x México no estádio Castelão, disseram nesta quarta-feira, 19, que todos os esforços são para um protesto pacífico. Eles reconheceram, no entanto, que não têm como controlar possíveis atos violentos.
“A linha geral é que seja um ato pacífico que consiga dialogar com a população. Tentamos organizar, temos uma comissão de segurança. Não temos como controlar qual vai ser a linha de cada um. Se a polícia tiver consciência de não estabelecer situação de conflito, o ato tende a ser pacífico”, disse o jornalista Livino Neto, integrante da comissão de comunicação da manifestação, chamada Mais Pão Menos Circo.
Entre os pontos que motivaram o protesto estão os gastos excessivos e as remoções de famílias para obras da Copa, a violência contra os jovens e a má qualidade do transporte público.
Embora seja filiado ao PSOL, Livino Neto disse que o protesto não tem conotação partidária. “São pessoas com várias pautas, é um movimento bem livre, bem solto”, afirmou.
Integrante do Levante Popular da Juventude, movimento social sem vínculo partidário, Laryssa Sampaio também reforçou a preocupação dos organizadores em garantir a segurança dos manifestantes. “Não temos como controlar, mas não queremos confronto”, afirmou.  Por Luciana Nunes Leal
12h47 - A previsão da Prefeitura de São Paulo é que um projeto de lei que desoneraria o setor do transporte público municipal seja votado no Senado na próxima terça-feira, 25. Se aprovado, o valor da passagem de ônibus cairiam imediatamente, segundo o prefeito, Fernando Haddad. 
Após ser publicado no Diário Oficial da União, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (e qualquer outro prefeito do País) estará habilitado a reduzir o valor da tarifa do transporte público. Por Caio do Valle.
12h39 - SP: A manifestação feita no M’Boi Mirim se dispersou.
12h36 - No Rio, um novo protesto com o aumento da passagem de ônibus está marcado para esta quarta-feira, 19, em Niterói. Os manifestantes  discutem pelas redes sociais se a marcha seguirá em direção à Ponte Rio-Niterói para bloquear a via. A concentração ocorrerá às 17 horas na Praça Araribóia, próxima ao local das barcas que realizam o transporte de passageiros entre Niterói e o Rio de Janeiro. O ato estava programado para seguir o mesmo trajeto feito na última sexta-feira, 14, quando cerca de 2,5 mil pessoas caminharam em direção à Prefeitura e à Câmara Municipal.
12h33 - Nesta terça, Haddad se reuniu com a presidente Dilma para discutir projetos de lei que previssem a desoneração na área de transporte público em São Paulo.
12h28 - O prefeito apontou uma alternativa para baixar a passagem de ônibus: disse que se um projeto de lei que desonera o setor de transporte público for aprovado no Congresso, então o valor da passagem de ônibus pode ficar 7% menor. A medida já foi aprovada na Câmara e agora está tramitando no Senado.
12h20 - Sobre os atos de vandalismo ocorridos no protesto de ontem, Haddad disse que existem grupos no movimento que querem interditar o diálogo e afirmou que eles não confiam na democracia. “Infelizmente o debate tem sido  interditado por grupos que não confiam na democracia. São criminosos os que estão agindo nas ruas”, criticou.
12h15 - O prefeito afirmou que, se a passagem fosse mantida em R$ 3, o subsídio para o transporte aumentaria para R$ 2,7 bi em 2016.
12h12 – “As pessoas têm que compreender que essas escolhas são difíceis para o governante. Essas escolhas representam investimentos em outras áreas”, disse o prefeito.
12h07 – Neste momento, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), dá uma entrevista coletiva para falar sobre os protestos contra o aumento da passagem de ônibus. “Essa decisão (de reduzir o preço da passagem)  vai impactar em outras áreas do governo”, disse Haddad.
12h06 - Os manifestantes   invadiram o terminal Jardim Ângela, na zona sul.
11h52 – Pistas marginal e central liberadas no km 18 da Rodovia Anchieta, sentido São Paulo. Lentidão do km 21 ao km 20, como reflexo da manifestação.
11h50 – Estrada do Campo Limpo está liberada de manifestação.
11h36 - Na zona sul, a Estrada do M’Boi Mirim continua ocupada por manifestação pacífica. Ruas do entorno não foram interditadas.
11h32 - Em coletiva, o subprefeito da Sé, Marcos Barreto, disse que 29 estabelecimentos comerciais foram danificados durante a manifestação de ontem. Os principais pontos de vandalismo foram a rua Direita, a rua São Bento, a Praça do Patriarca e a rua 15 de Novembro. O Teatro Municipal e a Prefeitura foram pichados. 350 pessoas foram acionadas para limpar o Centro, a avenida Paulista e a rua Augusta. 189 lixeiras de poste e sete bandeiras foram destruídas. Não há previsão de ajuda financeira aos lojistas. Por Victor Vieira
11h21 – Manifestantes voltam a ocupar totalmente a pista sentido São Paulo da Rodovia Anchieta, na altura do km 18.
11h15 - Manifestação continua interditando a Estrada do Campo Limpo, sentido bairro, próximo à Rua João Lunardelli.
11h14 – 56 km de lentidão em São Paulo. Principais lentidões:
• Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, da Rodovia Castelo Branco até a Ponte Cidade Jardim (5,6 km)
• Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal, do Viaduto Jabaquara até o Viaduto Santo Amaro (4,0 km)
• Marginal Tietê, sentido Castelo Branco, pista expressa, da Ponte Atílio Fontana até a Rodovia Castelo Branco (2,9 km)
• Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista local, da Rodovia Castelo Branco até a Ponte do Jaguaré (2,8 km)
11h01 - Moradores de um prédio ocupado na Rua Líbero Badaró ficaram apreensivos com os atos de depredação durante a manifestação de terça-feira, 18, no centro de São Paulo. Eles tiveram que deixar o prédio quando os manifestantes atearam fogo na agência bancária ao lado.

Vandalismo em prédio ocupado na Rua Líbero Badaró. Crédito: Victor Vieira/Estadão
10h55 - Para escapar da manifestação que ocupa o Paço Municipal em São Bernardo do Campo, a dica é seguir pela região de Baeta Neves, a partir da Rua Marechal Deodoro. Outra alternativa é pegar as Avenidas Atlântica e Winston Churchill.
10h46 - A Rodovia Régis Bittencourt está com o tráfego liberado no km 269, na região Taboão da Serra (SP). O tráfego ficou temporariamente restrito, devido à manifestações, que restringiram o tráfego por ambas as pistas. Os veículos seguem sem lentidão em ambos os sentidos da rodovia. Manifestantes marcham pela Estrada do Campo Limpo em direção ao terminal.
10h26 – M’Boi Mirim: Manifestantes agora se concentram na frente do Terminal Guarapiranga no sentido bairro, bloqueando as duas pistas nos dois sentidos da Estrada do M’Boi Mirim. 
Um homem foi levado para a 99ª DP sob acusação de provocar tumulto, mais cedo, em frente à subprefeitura. Por Luciano Bottini
10h22 – Avenida Prof Francisco Morato já está liberada de manifestação. Em Santo Amaro, um acidente na Ponte João Dias, sentido centro, ocupa duas faixas.
10h15 – 57 km de lentidão em São Paulo, com tendência de baixa. Principais lentidões:
• Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, da Rodovia Castello Branco até a Ponte Cidade Jardim (9,3 km)
• Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal, do Viaduto Jabaquara até a o Viaduto Santo Amaro (4,0 km)
• Radial Leste, sentido Centro, da Praça Bernardino Brito F de Carvalho até o Viaduto Engenheiro Alberto Badra (3,0 km)
• Marginal Tietê, sentido Castello, da Ponte Atilho Fontana até a Rodovia Castello Branco (2,9 km)
10h13 - A Rodovia Régis Bittencourt está temporariamente interditada no km 269, na região de Taboão da Serra (SP), devido à manifestação. Na pista sentido São Paulo, o tráfego está parado do km 272 ao km 269. Na pista sentido Curitiba, o tráfego está restrito no local. Equipes da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal estão no local e acompanham os atos.
10h11 – M’Boi Mirim: Protesto chega ao fim e manifestantes começam a se dispersar. A Avenida Guarapiranga  foi liberada nos dois sentidos e veículos já transitam.
O Movimento dos Sem Teto afirma que havia guardas civis infiltrados que causaram o tumulto. A subprefeitura vai abrir uma sindicância para avaliar a atuação dos guardas civis, que responderam ao conflito com spray de pimenta e agressões.
10h05 - Paralisação da CET: Sindicato da categoria se reúne agora com a diretoria na sede da companhia.
10h03 - Manifestantes que ocupavam a Rodovia Anchieta fazem protesto agora no Paço Municipal, em São Bernardo do Campo.
9h59 - M’Boi Mirim: Briga foi controlada e manifestante que passou mal se recuperou. A reunião entre a comissão formada por manifestante e o subprefeito acabou.  Eles seguirão agora para a sede da Prefeitura para conversar com o secretário municipal de transportes.
Na reunião com o subprefeito, a comissão fez reivindicações antigas da região, como a duplicação da estrada do M’Boi Mirim e o estabelecimento de novas linhas de ônibus.

Foto: Werther Santana/Estadão
9h52 – M’Boi Mirim: Ativistas entram em confronto em frente à subprefeitura. Um dos manifestantes brigou com os demais e acabou machucado. Algumas pessoas tentaram o levar para dentro do prédio, causando mais confusão. Guardas usaram spray de pimenta. Um ativista passou mal e desmaiou. Por Luciano Bottini
9h34 - Depois de fechar a Rodovia Anchieta, grupo de manifestantes segue em direção a São Bernardo do Campo. Já a Rodovia Régis Bittencourt permanece interditada na altura de Taboão da Serra.
9h33 – Marginal Pinheiros tem 9,4 km de lentidão no sentido Interlagos, da Castelo Branco até a Ponte Cidade Jardim.
9h26 - Na sede da Prefeitura, funcionários e empresas contratadas realizam trabalhos de limpeza e troca de vitrais quebrados, após atos de vandalismo durante a manifestação de terça-feira, 18.

Foto: Epitácio Pessoa/Estadão
Manifestantes também destruíram lojas no centro. Na foto, a loja Magazine Luiza, após vandalismo.

Foto: Victor Vieira/Estadão
9h21 – 69 km de lentidão em São Paulo. Principais lentidões:
• Radial Leste, sentido Centro, da Praça Divinolândia até a Rua Wandenkolk (12,7 km)
• Marginal Tietê, sentido Castello, da Ponte do Piqueri até a Rodovia Castello Branco (5,4 km)
• Marginal Tietê, sentido Castello, da pista local, da Ponte do Piqueri até a Ponte dos Remédios (4,6 km)
• Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal, do Viaduto Jabaquara até o Viaduto Santo Amaro (4,0 km)
9h18 - Manifestação interdita pista da Avenida Prof Francisco Morato, sentido bairro, junto à Rua José Félix. Na Régis Bittencourt, as duas pistas estão bloqueadas em Taboão da Serra.
9h04 - Pista norte da Rodovia Anchieta totalmente liberada no km 23, no sentido São Paulo. Segue lentidão do km 25 ao km 23, como reflexo da manifestação.
9h01 - Na zona oeste, o trânsito na Avenida Professor Francisco Morato está desbloqueado nos dois sentidos. Já o sentido interior da Rodovia Régis Bittencourt está bloqueado pela passeata. Por Caio do Valle
8h58 – Manifestação no M’Boi Mirim: subprefeito Antônio Carlos Dias conversou com os manifestantes. Está sendo formada uma comissão de 12 pessoas para uma reunião e, em seguida,grupo deve ir até a Prefeitura para conversar com o secretário municipal de transportes. Por Luciano Bottini

Foto: Werther Santana/Estadão
8h56 - Atos de vandalismo durante a manifestação no centro de São Paulo na noite de ontem deixaram duas agências bancárias bastante danificadas. Nas fotos, uma agência do Banco Itaú. Por Victor Vieira



Veja a opinião do gerente de marketing José Roberto Paganino sobre os protestos:
Fotos e vídeo: Victor Vieira/Estadão
8h50 - Na zona oeste, manifestantes deram meia volta e passaram a retornar para a Rodovia Régis Bittencourt. A pista sentido Taboão da Serra da Avenida Professor Francisco Morato seguia totalmente bloqueada por volta das 8h40. Por Caio do Valle.
8h45 - A CET recomenda que os motoristas e usuários evitem a região da Estrada do M´Boi Mirim e da Avenida Guarapiranga devido à presença de manifestantes na via. A movimentação dos manifestantes teve início por volta das 7h.
Além disso, há manifestantes na Avenida Francisco Morato, ocupando a via em ambos os sentidos, junto à Avenida Dr. Guilherme Dumont Villares. Diante dessas ocupações, a CET reitera a recomendação de se evitar as regiões da Estrada do M´Boi Mirim e das avenidas Guarapiranga e Francisco Morato, na zona Sul da cidade.
8h44 – M’Boi Mirim: O grupo de manifestantes se dividiu e uma parte menor segue em direção à Marginal Pinheiros. O restante continua aglomerado em frente à subprefeitura de M’Boi Mirim. Agora, as duas pistas da Estrada de Guarapiranga estão bloqueadas. Por Luciano Bottini
8h42 - Após a manifestação que tomou o centro de São Paulo na noite de ontem, vários pontos amanheceram destruídos, entre eles agências bancárias, lojas, edifícios e postos policiais. Atos de vandalismo atingiram principalmente a sede da Prefeitura e lojas da Rua Direita. A fachada da Prefeitura foi pichada e funcionários fazem a remoção das pinturas. Por Victor Vieira


Foto e vídeo: Victor Vieira/Estadão
8h31 – Em São Paulo, 52 km de lentidão. Principais lentidões do momento, segundo a CET:
Radial Leste, sentido Centro, da Praça Divinolândia até o Viaduto Pires do Rio (8 km)
Marginal Tietê, sentido Castelo Banco, da Ponte do Piqueri até a Rodovia Castelo Branco (5,4 km)
Marginal Tietê, pista Local, sentido Castelo Banco, da Ponte do Piqueri até a Ponte dos Remédios (4,6 km)
Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal, do Viaduto Jabaquara até o Viaduto Santo Amaro0 (4 km)
8h30 – Largo do Piraporinha: Manifestantes dizem que não têm condição de organizar uma comissão de 12 pessoas devido à quantidade de gente. Eles afirmam não ter como controlar a multidão e pedem a presença do secretário de transportes Jilmar Tatto com urgência. Prefeitura alega que o secretário não conseguiria chegar no local agora por causa do trânsito. Por Luciano Bottini Filho

Foto: Luciano Bottini Filho/Estadão
8h26 – Cerca de 300 pessoas bloqueavam por volta das 7h45 a Rodovia Régis Bittencourt em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Os manifestantes protestavam contra o aumento das tarifas de ônibus, metrô e trem.
8h25 – Protesto no Largo de Piraporinha: Manifestantes estão parados na frente da subprefeitura do m’Boi Mirim. Querem entrar, mas não agem com violência. Eles vão formar uma comissão para falar com o subprefeito Antônio Carlos Dias. A assessoria da subprefeitura conversa agora com lideranças do movimento. Há policiais militares e agentes da Guarda Municipal no local.
8h16 - Na zona oeste, a Avenida Francisco Morato também está fechada na altura do Largo do Taboão, sentido centro. Uma manifestação organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e o Movimento Passe Livre ocupa a via.
8h04 - Manifestação no Largo de Piraporinha: segundo a Polícia Militar, mil pessoas seguem agora pela Estrada de Guarapiranga, ocupando totalmente a pista no sentido centro.
7h57 – Manifestantes seguem pela Estrada do M’Boi Mirim e se aproximam do terminal Guarapiranga, no sentido centro. Vídeo: Victor Andrade

7h50 - Manifestação já interdita a Estrada do M’Boi Mirim, sentido centro, após a Avenida Inácio Dias da Silva.
7h19 – A Avenida dos Bandeirantes tem 5,1 km de lentidão no sentido Marginal, entre os Viadutos Aliomar Baleeiro e Santo Amaro.
7h17 - O rodízio de carros funciona normalmente hoje, segundo a CET.
7h15 – Na Radial Leste, quase 10 km de lentidão a partir do metrô Vila Matilde em direção ao centro.
7h05 – Rodovia Raposo Tavares tem tráfego lento do km 26 ao 19 e do km 15 ao 10 no sentido São Paulo, devido ao excesso de veículos.
6h50 – 15 km de lentidão em São Paulo. A Marginal Pinheiros tem 1,7 km de trânsito lento no sentido Castelo Branco, da Ponte Transamérica até A Rua Doutor Rubens Gomes Bueno.
6h47 – Radial Leste tem 8 km de congestionamento no sentido centro, muito acima do normal para o horário, devido à falta de faixas reversíveis. As retenções vão do metrô Vila Matilde até o Viaduto Pires do Rio. Na pista expressa, o trânsito está travado do Viaduto Pires do Rio até a Avenida Brasil.
6h34 – Na zona sul, pelo menos 20% da viação Cidade Dutra não vão circular porque os ônibus foram depredados. Cerca de 350 mil passageiros são atendidos pela empresa.
6h27 - Após a interrupção da Linha 9 – Esmeralda na noite de ontem, devido a depredações de manifestantes, os trens voltaram a circular normalmente nesta manhã. Todas as linhas funcionam sem problemas.
6h26 - Após a interrupção da Linha 9 – Esmeralda na noite de ontem, devido a depredações de manifestantes, os trens voltaram a circular normalmente nesta manhã. Todas as linhas funcionam sem problemas.
 6h25 - Sem a faixa reversível, a Radial Leste já apresenta 2 km de congestionamento no sentido centro, desde o metrô Vila Matilde até o Viaduto Alberto Badra. Também há reflexos na Avenida Aricanduva
6h23 - Sem a faixa reversível, a Radial Leste já apresenta 2 km de congestionamento no sentido centro, desde o metrô Vila Matilde até o Viaduto Alberto Badra. Também há reflexos na Avenida Aricanduva.
6h18 - Agentes da CET fazem uma manifestação na zona leste da capital para aumento de salário. Com isso, as faixas reversíveis da Radial Leste, Ponte das Bandeiras, Avenida Santos Dumont, Avenida Tiradentes e Estrada do M’Boi Mirim não vão funcionar nesta manhã.
26 Comentários Comente também
  • 19/06/2013 - 08:51
    Enviado por: Romulo Reinert
    Bom dia amados irmãos,
    Momentos de protestos e conflitos… Extremistas, racionalistas, humanistas, muitas forças unidas e uma multidão onde cada um busca seus direitos e da forma com que acha conveniente.
    É positivo essa onda que se espalha? Pode ser que sim pode ser que não, pode surtir efeito a grande escala, ou em pequena. Hoje buscamos algo para o social, mas onde esta a raiz desta “revolução”.
    Não quero ser critico mais expresso minha opinião, vivemos numa sociedade onde o tema central é CADA UM LUTA POR SEUS DIREITOS.
    E se todos lutássemos pelos direitos de todos, nos momentos certos, e também quando é o momento certo.
    Revolução soa parecido com revolta mas elas caminham para lugares diferentes, a revolta é expressada com vandalismo, violência e outros ingredientes, já a revolução é exercida com direção, liderança, alicerce e mais inúmeros pontos.
    VAI SURTIR EFEITO, O TEMPO DIRÁ.
    Mas a mudança começa de dentro pra fora, chega de hipocrisia, julgamos culpado a corrupção mas nos corrompemos por coisas muito menores que dinheiro, criticamos com explosão a falta de sinceridade dos poderes que dirigem nosso país mas quando estamos sozinhos temos a mesma falta de caráter que os mesmos, coisas abomináveis aos olhos do próximo são as mesmas coisas que fazemos em nosso momento de intimidade.
    REVOLUÇÃO SIM, REVOLTA NÃO…..MUDANÇA DE HÁBITOS, MUDANÇA DE PENSAMENTOS..
    Querem revolução. Boicoteamos a coca-cola do domingo, o mallboro, a kaiser, a televisão, e outras inúmeras multinacionais que dão as cartas por traz dos panos e sim conseguiremos atingir o objetivo que queremos….
    Ahhhh ai tu ta sendo extremista né Romulo.
    Não estou sendo sincero, que os mesmos que ontem estavam nas ruas protestando desliguem as suas televisões hoje no horário que o jogo do Brasil passar ai sim eu conseguirei acreditar que não é mais um momento onde a rebeldia da o seu ar da graça.
    Ótimo dia a todos e que possamos começar de dentro pra fora e não mascararmos quem realmente somos.
    • 20/06/2013 - 09:26
      Enviado por: Rota neles
      Raça de vagabundos! Tropa de choque nesses maconheiros
      E ainda vou ganhar a redução da passagem enquanto esses vagabundos vão para as ruas por causa de 20 centavos
      Óh que legal seus trouxas!kkkkkkkkkkkkkkk
      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/06/2013 - 09:40
    Enviado por: Olmir
    Isto é um bom sinal por um lado, mas é tal como na afirmação do dirigente da fifa afirmou, precisou chamar a atenção e dizer que somos simplesmente sem educação, pior que isso nos coube perfeitamente, diria merecemos, sequer sabemos distinguir e respeitar. Seguramente não sabemos votar, somos adeptos quase na totalidade por fanatismo, gostamos e fazemos de tudo para continuarmos no processo de indexação e inflação, e ai não nos basta mais um índice, temos a disposição centenas para escolha segundo o gosto do freguês, é o nosso antigo, renovado e cultuado má afamado jeitinho brasileiro, em porque não termos um acessório importante e renovador como o se me engana que eu gosto, então porque não cultuarmos, votarmos, queremos e criarmos mais demagogos, até os atos atuais estão levando a isso, discutem, combatem coisas problemas importantes, mas só atacamos efeitos, ou seja as causas fazemos, os protestantes, questão de ver e ou levar em conta, usando o sentido figurado, é fogo de palha e de material que gera muita fumaça, podem gerar bons resultados, mas seguramente só matura e preserva, digamos é só defumação, para no futuro tirarmos mais alguma vantagem usando o nosso jeitinho e ou me engana. Ainda falta muito para se ter uma solução, ou seja usam o sistema para pressionar e transferir os problema, possivelmente para breve ter que atender as necessidades dos trabalhadores do setor, se repassado via subsidio ai situação tende a piorar em termos de carga tributária, que já é fabulosa, as arrecadações estão espetaculares, inclusive sobre os preços estratosféricos de chassis, pneus e insumos e sobretudo os dos combústiveis, que de fato ainda continuamos rodando, queimando impostos, mais da metade do volume de valor, de muitos anos, mas em contrapartida em infraestrutura, serviços públicos sempre deixando a desejar, crescente mesmo só a politicagem, desvios e manobras feitas pelos políticos e a máquina pública, e ou seja o normal é haver afrouxamento em tudo, porque não nos controles e cuidados nas prioridades, se temos até coisa que se eterniza tal como os feitos espetaculares para fechamentos de contas para pagar juros, simplesmente pegam a grana, qualquer que seja, e ainda fazem afirmações e propaganda política, ai mais demagogias, tudo em sintonia com o nosso modo de ser, do jeitinho e de gostar de ser enganado. Somos realmente únicos e de fato somos muito fracos para promover mudanças sérias e duradouras. Quem quiser que acredite e ou aceite, é só uma maquiagem, nada de atender aos direitos e resolver os problemas, tudo de fundo só para atender o nosso famigerado esquema de sempre, prova disso, podemos apostar, votaremos em demagogos, cenários é mais do que justo e correto simplesmente extinguir os cargos de eleitos, amplas melhorias na qualificação e reciclagem da máquina pública, redução de cabides de empregos, fantasmas e corporativismo que é o forte quase tudo, a mídia diz de coisas espetaculares desde os autorizações de gastos feitas pela presidência a remunerações de membros dos poderes constituídos, ou seria para legislar e dar aprovação a interesses próprios, eles também são o nosso retrato. Por mais que as manifestações recebam apoio de outros países, pode ser muito pouco, de fato não estamos nos empenhando em melhorias e mudanças, só adiamos e maquiamos a situação. É tudo do circulo vicioso só para esperar e ver o tamanho da encrenca, dai reiniciarmos o processo de sempre, do jeitinho, de gostar de ser enganado…..
    • 19/06/2013 - 10:06
      Enviado por: vemprarua
      O presidente corrupto da fifa que va se catar, nao eh ele q pega busao todo dia para trabalhar honestamente.
      complexo de inferioridade tem tratamento Olmir
      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/06/2013 - 09:45
    Enviado por: SINDRONIO LAGOS
    Existe remédio para todas as doenças. Uns para curar e outros para aliviar o sofrimento. Mas não há remédio para curar ou aliviar indignação e revolta da dor de um povo traído. Uma vez traído o povo, ele não aceita nenhuma solução por resgate; e nem se diga, que esse governo não sabia desse capital aspecto.
    Essas tentativas desse governo de querer Silenciar o Ministério Público; Imprensa; Povo; Internet e toda e qualquer liberdade de Expressão; Esbanjar bilhões de bilhões de reais na maldita Copa?
    Pelos fatos que nos afiguram, pretende implantar o sistema dos terroristas rotulados de presidentes, o Bashar al-Assad, da Síria e do Mahmoud Ahmadinejad do Irã; A continuar assim, esse tal governo vai cair.
  • 19/06/2013 - 10:31
    Enviado por: Mario
    Amigos Brasileiros o gigante adormecido finalmente acordou! agora so para quando nao tiver mais nenhum politico no poder! CHEGOU A HORA DE MUDANÇAS RADICAIS NO BRASIL! amigos nao se enganem estas manifestaçoes e quebra-quebra so vao piorar num crescente jamais visto na america do sul
    Esperemos que os nossos governantes deixem seus cargos pacificamente, ou infelizmente vamos assistir a um banho de sangue como ja temos visto em outros paises pelo mundo.
    Quanto mais esta situaçao de tumultos perdurar mais sofrimento e fome nos Brasileiros iremos passar. ME REPITO NAO SE ENGANEM ESTA SITUAÇAO NAO VAI ACABAR SEM FERIDAS MUITO PROFUNDAS EM TODOS NOS BRASILEIROS.
  • 19/06/2013 - 11:29
    Enviado por: Bruno
    Como a maioria, sou a favor da manifestação (e me orgulho muito das pessoas que vestem a camisa) mas não gosto da violência.
    Mas como os próprios governantes falam: Infelizmente na guerra pessoas inocentes morrem.
    Em manifestação é igual, 100% difícil, pois a revolta é grande. Muitos anos se passarão, so aumento de impostos e tarifas, chaga uma hora que não da para aguentar, ate acho que o povo demorou para acordar.
  • 19/06/2013 - 12:42
    Enviado por: ramiza
    Claro que são criminosos. Desde a primeira manifestação, onde depredaram a Av. Paulista e a PM entrou para conter. Só que a grita foi geral e a PM se afastou a pedidos. Não venha agora o prefeito querer jogar tudo no colo do Estado e da PM paulista. Usam dois discursos, conforme a onda lhes interessa.
  • 19/06/2013 - 12:47
    Enviado por: Larissa
    Avisa pro Haddad que se os CRIMINOSOS fossem REALMENTE punidos e/ou estivessem presos, não haveria tanta baderna e confusão! As pessoas querem um Brasil melhor, por isso lutam nas rua com manifestos. As pessoas que realmente querem mudanças não estão fazendo baderna, disso TODOS podem ter certeza!
    É vergonhoso que com tantos anos de Brasil, as leis de prisão à criminosos e etc. continuem essa porcaria. Onde já se viu presos (ladrão, matador, estuprador, etc.) ser solto em “duto dos pais” ou “duto das mães”? Estes mesmos soltos por dutos podem ter matado mães, pais e filhos de muita gente por ai.
    Brasil, mostra sua cara. Vergonha de ter uma lei tão ridícula quanto esta, que até mesmo na pior punição existe uma brecha de falha.
    Eu já fui roubada a mão armada e tudo, uma cena horrorosa, e chegando na delegacia ter que escutar do delegado que o policial não pode fazer nada por nós, que ele só ta ali pra receber salário. Falou até que um menino de 8 (oito) anos matou o pai por revolta e na mesma hora foi solto
    por não ter idade suficiente para cumprir pena. Cadê o conselho tutelar nessas horas?
    Pra que servem os órgãos públicos se não há mudança em nada?!
    O povo está indignado com tanta falcatrua neste país!
  • 19/06/2013 - 12:51
    Enviado por: Giuseppe Bonella
    Concordo com o Sr Haddad quanto aos criminosos nas ruas, mas vale ressaltar que eles estão também enraizados e com muita força no : Executivo, Legislativo e Judiciário – os desmandos, a conivência, a omissão e a irresponsabilidade dos 3 poderes obrigou os cidadães irem as ruas pedir seriedade, comprometimento, responsabilidade e honestidade daqueles que por obrigação deveriam cuidar dos interesses da nação, com certeza a força das ruas irá desmantelar essa quadrilha que se instalou no poder e isso é apenas o começo.
  • 19/06/2013 - 12:52
    Enviado por: Maria
    Senhor prefeito, é só prender os baderneiros e proteger os manifestantes. Os manifestantes almejam um país melhor em todos os aspectos.
    Os depredadores são oportunistas, se aproveitam do movimento para destruir e roubar. Cadeia prá eles e todos os demais bandidos deste país, inclusive políticos corruptos.
  • 19/06/2013 - 12:56
    Enviado por: FRANCISCO JOSÉ DA SILVA
    Estes protestos iniciaram com nossos ìndios de Mato Grosso do Sul, embora em situação irregular de invasão. Convenhamos, o GOVERNO não atende suas reinvindicações, submetendo-os a humilhações e discriminando-os! Será que o ser humano…aceita por muito tempo?…
    Esse ACORDA BRASIL, serve para que o Governo, faça uma revisão, na economia, educação e saúde, e demais obrigações, para com a população, não fique só em Programação Eleitoral e/ou engula sua PREPOTÊNCIA SOBERBA E GANÂNCIA(em sua maioria),que após eleitos…esquece da população que lhes dera emprego e paga religiosamente seu salário. Quando procuramos quaisquer direitos, não somos atendidos de pronto…requer uma grande burocracia!!!
    Os governantes não aceitam a divisão de royalties do PRÉ-SAL, porém os AGRICULTORES E PECUARISTAS que remetem as divisas para o País e ALIMENTANDO-OS tem que ter problemas em remeter sua safra para outros países.Ex. CHINA…
  • 19/06/2013 - 13:11
    Enviado por: Eros Alonso
    Quero tocar em algo que profissionalmente me incomoda muito há anos, mais precisamente desde 1978 quando me formei jornalista. Decidi falar sobre o assunto devido às manifestações contra os veículos de comunicação e o trabalho de jornalistas. Apenas quero colocar o assunto; o jornalista quando vai fazer uma matéria tem que estar do lado da polícia? Se a ótica dele já é a da polícia, como pode fazer uma matéria isenta? Isso vale até mesmo para as imagens captadas. O povo tem profunda consciência de que a mídia edita as imagens e coloca da forma que quer toda a história sucedida que virou notícia. A mídia tentou direcionar o movimento claramente, mas foi mal sucedida como foi durante o julgamento do Mensalão. A Liberdade da Pauta não existe. O repórter é quase sempre cobra mandada. Se é para defender a ordem estabelecida em qualquer circunstância, no que se resume o protesto que querem como legal? A mídia esconde a grande verdade. Em 10 anos, Serra e asseclas destruíram o sistema de transporte de ônibus em SP. 30% menos Ônibus e 80% mais passageiros foi o plantar de uma gota d’água. Agora transbordou. A Política Pública no setor nesse período foi criminosa. O MP deve investigar, se é capaz de provar ser isento e não ser tucano, a Alesp, um cadáver putrefato que nada faz de útil e muito de inútil, deveria até abrir uma CPI. Os números apontam muito lucro nesse período. Há uma máfia no transporte como há a dos pedágios, merenda escolar, rodoanel, Tietê, presídios e até a do asfalto.Uma lazarenta de uma obra já tem falcatrua até na Licitação, que permite reajuste dos preços da obra antes dela terminar . Isso tem que acabar. O preço é um e deve a obra terminar com o preço estabelecido. Uma vergonha a Lei de Licitação feita para empresário/ladrão. Aliás, empresário neste país é cada vez mais sinônimo de ladrão mesmo, infelizmente. O povo deve exigir punição para os que permitiram menos ônibus e mais passageiros nesses 10 anos. Principalmente os prefeitos eleitos e secretários de transporte.E a mídia se tem vergonha na cara que faça matéria nesse sentido. Já os jornalistas, se possuem vergonha, se deixarem de rastejar pelo emprego que temem perder, podem dar um basta nisso também. Enquanto isso não ocorre, o povo cada vez mais reage com violência à mídia mentirosa. E não tem mais porque facilitar o trabalho dessa gente que joga contra seus interesses e a favor dos interesses do status quo, do establishment, das empresas. O povo está cercando todas as Estâncias de Poder e o Judiciário não vai escapar não. Faz tempo que a Lei deste país se divorciou da Justiça. Faz tempo que as autoridades defendem os interesses da elite. Os números dos ônibus em SP apenas comprovam que o neo-liberalismo no transporte público , a privatização do setor, criou ninhos de ratos. O MP deve ver quem ganhou e quanto foi repassado aos políticos no decorrer desses anos.Roubaram o povo da capital paulistana e os números não mentem. Quem foram os CANALHAS que diminuíram a frota de ônibus em SP. Apontem. Se a Imprensa não aponta, para que serve? Coonesta? Levou alguns trocados também? Essa é a mensagem que deixo a todos os jovens que estão nas ruas da cidade onde nasci.Se alguns lerem este texto e contarem o que escrevi para alguns poucos, já valeu a pena. Não façam o jogo da violência que interessa aos que roubam o povo brasileiro. Cerquem pacificamente as esferas de Poder. Não deixem uma de fora para que saibam que o povo se sente sem aliados no Estado e que os poderes estão corrompidos, todos eles. Que Deus ilumine a todos, particularmente a PM que pode mudar o rumo da História deste país coibindo apenas os excessos, e que ande de braços dados com nossos jovens, eles sim o futuro deste país. Não ousem derramar sangue de nossos jovens para defender ladrões do transporte público. Mais uma vez que deus ilumine a todos neste momento tão sensível e importante da nossa História, quando um simples ato pode mudar os rumos de uma Nação.Nossos corações, de pais e irmãos estão com vocês.
    • 19/06/2013 - 13:35
      Enviado por: Thaishi
      Querido Eros Alonso, te chamo assim porque sinto a necessidade de expor o sentimento de carinho que sinto ao ler tão belo texto recheado de emoções!!!
      Faço parte desta massa que a anos protesta pelo passe livre, fomos às ruas no Espírito Santo e tivemos avanços. Continuamos a luta apoiando os outros Estados, pois a Federação não muda o fato de sermos brasileiros e humanos!!!
      Hoje continuo fazendo parte da Nação sem líder, organizada e com auto-gestão, despida de medos e que está com a cara limpa disposta a mudar mais um rumo da história, somos diferentes dos caras pintadas, a mídia vendida não irá nos atingir!!
      O mundo mudou suas regras, e o Brasil como diversos outros países está vivendo isto!! Temos as redes sociais, e milhões podem ter acesso a realidade como ela realmente é!
      Está mais difícil nos calar, porque não somos feitos somente de jovens universitários, somos e estamos em todas as classes sociais!!
      Levarei suas palavras ao maior público possível!!!
      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/06/2013 - 17:23
      Enviado por: Lilia
      Parabéns pela iniciativa de deixar aqui tão importantes dados e um desabafo que, com certeza, será compartilhado com muitos.
      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/06/2013 - 13:17
    Enviado por: Eduardo Freitas
    O Brasil da Geração tecnológica
    Essa garotada, essa geração, me surpreendeu! Tudo o que a minha geração do final dos anos 70 iniciou com o impeachment do Collor em 1992, finalmente começa a dar resultado com essa juventude.
    O mês de Junho de 2013 se tornou um marco histórico. Para aqueles que pensavam nao ser possivel mudar o Brasil, boas novas! Porque sim! É possivel! Todavia é preciso começar e o inicio foi marcado pelas manifestaçoes em todo o país.
    Um aumento na tarifa de transporte de R$ 0,20 foi à gota d’água, a verdade é que estamos cansados de tanta corrupção, de tanta incompetência e simplesmente chegamos no limite!
    Esse movimento representa o desenvolvimento intelectual do país pelo acesso à informação, tecnologia, educação (para os que realmente aproveitam ainda que limitada) e da existencia de pessoas com consciência política! Tempos atras eu nao conseguiria imaginar um grupo de brasileiros com consciência de cidadania, direito e de política, lutando pelo o que é correto. Mas já nao há mais dúvidas, porque realmente temos esse grupo,e, é esse o Brasil que queremos e sonhamos! O verdadeiro amor à pátria que vi e vivi em diversos países desenvolvidos, começo a ver no meu Brasil e também não consigo me calar.
    Em 1972, iniciamos uma política econômica chamada “milagre econômico” e hoje vivemos desse resultado, o mundo desenvolvido em 2012 entrou em crise e não nos abalamos. Mudamos o slogan de 72: “Brasil, ame-o ou deixe-o”, para: “Brasil, ame-o ou nos ajude a construir”! Deixar, nunca! Nao podemos deixar o país do jeito que está ou abandonar, nao existe essa opção. Façamos jus ao hino nacional: “Verás que um filho teu não foge à luta, nem teme, quem te adora, a própria morte”!
    Meus olhos se enchem de lágrimas e o meu coração explode de emoção ao ver as notícias do povo brasileiro lutando por um país melhor. Mas alerto! Devemos tomar muito cuidado com as manifestações que estão escapando do controle por alguns grupos de baderneiros, políticos e facções criminosas que se infiltram no meio para promover a desordem, o vandalismo e a desmoralização do movimento.
    O mundo inteiro e principalmente os países desenvolvido estão prestando atenção para o Brasil, primeiro porque não sofremos com as crises econômicas mundiais, e agora estamos prestes a sediar dois dos maiores eventos do mundo: Copa do Mundo e Olimpíadas; e o que eles mais querem é o nosso fracasso, a história nos diz isso. O grupo do G6, depois G7 e atualmente G8 não querem um G9 com o Brasil, querem sim um Brasil dependente economicamente e intelectualmente atrasado, mas felizmente hoje posso dizer que esse Brasil morreu!
    Mudamos a nossa imagem, não somos mais conhecidos só pelo país do samba e do futebol, mas sim pelo nosso coração, por nossa alma, por nossa compaixão, pelo nosso calor humano, por nossa criatividade, pela nossa medicina, pela nossa tecnologia, pela nossa cultura, pela nossa economia e pela nossa competência! Não somos uma sociedade doente, não buscamos a nossa hegemonia com a força, mas sim com o resultado do nosso esforço.
    E posso enumerar alguns dos diversos exemplos de brasileiros que fizeram a diferença. Na música- João Gilberto, Tom Jobim e Vinícius de Moraes, maiores precursores de todos os tempos da música brasileira; criadores do movimento da bossa nova que levaram a nossa música para todo o mundo.
    No mundo dos negócios o Brasil possui inúmeros empreendedores – Jorge Paulo Le Mann, Jorge Gerdau, Antonio Erminio e outros; no setor bancário – Amador Aguiar, Olavo Setubal; na mídia – Assis Chateaubriand, Roberto Marinho; na construção – Norberto Odebrecht e Camargo Correa; na arquitetura – Oscar Niemeyer; na medicina – Oswaldo Cruz, Carlos Chagas e no esporte somos milhares pelo mundo!
    Essa manifestação precisa ser produtiva e utilizada em todas as áreas que estão deficientes porque o Brasil tem que mudar! Nao suportamos mais a criminalidade convivendo a solta com a impunidade; a saúde e a educação fazendo cenário para desmoralização do país, e uma política que serve de palco para uma palhaçada que se apresenta diariamente ao mundo.
    Hoje, mais do nunca tive a certeza absoluta que o presidente que merecemos ainda não surgiu e tão pouco esta nos partidos políticos que criam esses experts da corrupção, da impunidade e da incompetência.
    Me recordo de quando ouvi o presidente dos Estados Unidos – Obama, chamar o presidente do Brasil à epoca – Lula, de “This is the man” ou seja, “Esse é O CARA”, confesso que fiquei indignado com tamanha ignorancia do povo brasileiro, que visivelmente aceitou aquilo como algo positivo, algo vantajoso.
    E lógico que eles querem um semianalfabeto despreparado e sem conhecimentos acadêmicos; simplesmente populista, governando uma nação rica como o Brasil. Mas eles esqueceram que o Brasil e uma nação muito mais forte que uma armadilha publicitaria, que um partido politico. Aqui é Brasil!
    O presidente que o Brasil merece esta nascendo desse movimento de 2013:“Brasil, ame-o ou nos ajude a construir”! Deixar o país do jeito que está ou abandonar não é uma opção!
    É isso que me faz ter o orgulho de ser brasileiro, que mexe com o meu sentimento e que me leva ao patriotismo!
    Brasil, nao só podemos estar entre os melhores do mundo, como seremos o número!
    Deixo aqui a minha contribuição ao movimento
    Eduardo Freitas
  • 19/06/2013 - 13:27
    Enviado por: Douglas Simião
    A imensa maioria dos manifestantes nas ruas não tem noção do que é citado nos comentários aqui, inclusive nesse meu. Há algo grande por trás disso tudo. Está se instalando o caos, e o caos só favorece os interesses internacionais em roubar as riquezas brasileiras, como aconteceu no Egito, na Líbia, na Síria, no Iraque, e em outros países. O Brasil agora é uma potência em reservas de petróleo. Os americanos usaram mentiras através das redes sociais para conseguirem roubar esses países. A tendência aqui parece seguir o mesmo rumo…
    Há alguém por trás do povo. O povo não tem competência nem para escolher os políticos que elege. E esse povo não acordou, continua dormindo. O povo só está sendo usado para atingir os objetivos de gente grande, tanto nacionais como internacionais.
  • 19/06/2013 - 13:48
    Enviado por: moacyr
    este prefeito é muito incompetente…precisa ser defenestrado,imediatamente…pela força do povo,se necessário…
  • 19/06/2013 - 14:28
    Enviado por: Roberto
    Desculpa facil de jogar nas costas do Congresso para desonerar as passagens. Como administrador de uma cidade ele deveria é cortar custos, gorduras, carros novos, lutar pela redução dos salarios dos Vereadores e tantos outros desperdicios.
    Mas isto implica em reduzir os negocios do PT e aí não pode.
    Como se faz quando as contas não fecham no proprio orçamento domestico? Qualquer um de nós sabe. Mas é mais facil pedir aos outros.
    Prefeito, saia das amarras e administre de verdade, doa a quem doer mas não sacrifique a cidade toda
  • 19/06/2013 - 15:56
    Enviado por: Carlos Dias
    Tem que ir na casa do Prefeito Haddad e protestar, inclusive depredar a sua residência. Ele está sendo autoritário e idiota.
  • 19/06/2013 - 16:02
    Enviado por: Daniel Chaves
    Aconteceu o que foi programado pela comandita que se reuniu aí em SP, dona Dilma, seu Lula e o Hadad. Essa quadrilha aí, retirou a polícia das ruas de São Paulo para propiciar um ambiente de insegurança e facilitar a ação dos marginais para saquear lojas, bancos. Com o objetivo de enfraquecer o movimento perante a opinião pública.
  • 19/06/2013 - 16:11
    Enviado por: Mônica H
    Vamos protestar
  • 19/06/2013 - 16:48
    Enviado por: Camilo
    Quer dizer que o Haddad quer que nós que já pagamos trilhões de impostos e que somos roubados na hora em que compramos um carro, paguemos a conta do aumento das passagens. Já pagamos o carro dele e dos seus asseclas, assim como de todos os vagabundos políticos e agora mais essa. essa raça de fdp que são os políticos, na campanha dizem que querem trabalhar pelo povo, se é assim, político não deveria ter carro, salário nem bosta nenhuma. Só roubam o povo e o país! Pau neles!
  • 19/06/2013 - 19:46
    Enviado por: Olmir
    Só reduzir é só meia sola, coisa que pode não ser duradoura, o grande problema e a reedição da indexação, mais isso é pedir de mais, é o gancho dos políticos, é para tudo, em função disso sai enormidade de recursos para financiamentos de partidos, é garantia fabulosa para o populismo, é a própria, é a farra para os demagogos, se somos o país do má afamado jeitinho e temos mais até o me engana que eu gosto, assim como esta é a maravilha para o nosso modo de ser e o paraíso dos políticos. Tendo arrecadação, montante fabuloso, deixando de lado a infraestrutura e melhorias em serviços públicos fazendo arranjos sempre inovadores para fechamento de contas para o superavit, ou seja o ministro se tornado hiper habilidoso em manobras, é ordenado, ora tira dinheiro disso outra daquilo pena não tirar dos congressistas, e outras fontes semelhantes, pena deixarem o afrouxamento dos gastos, dai é até de acreditar no de controle.
    É o sinal dos tempos, meios de comunicações fazendo sucesso, felicitações aos autores do movimento, ratificando afirmação, a solução é só fumaça, defumando o problema, o custo, financiamento, sendo preservando, corando, enfeitado, em algum tempo a conta vem, e mais se é moda outras cidades podem adotar.

0 comentários:

Postar um comentário